skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Meia maratona Cidade Berço volta a 5 de outubro e quer “saltar fronteiras”

Bruno José Ferreira
Desporto \ quarta-feira, junho 12, 2024
© Direitos reservados
Evento solidário com "impacto na cidade" volta a ter lugar no dia 05 de outubro, para se afirmar no panorama do atletismo. Quer "saltar fronteiras" para lá da "dimensão nacional" que já tem.

Já com “dimensão nacional”, mas com ambição e ganhar “maior visibilidade” a meia maratona Cidade Berço, organizada pela Câmara Municipal de Guimarães em parceria com várias associações, está de regresso no dia 05 de outubro – feriado, Dia da Implantação da República”, pretendendo continuar a sua afirmação.

“O dia 05 de outubro é precisamente para criar uma marca, para que se fixe no calendário e as pessoas associem a corrida a este dia. Estamos a trabalhar para dar maior visibilidade a esta prova, queremos saltar fronteiras”, disse o vereador do desporto Nelson Felgueiras, esta quarta-feira na cerimónia de apresentação.

Pelo terceiro ano a prova contará com o mesmo modelo no qual se pretende “envolver cada vez mais a comunidade e cada vez mais atletas”. A meia maratona, corrida de 21 kms, continua a ser a prova rainha num evento que conta também com provas de 10 kms e 5kms, assim como a caminhada e a run kids no Estádio D. Afonso Henriques.

Manuel Pacheco, presidente da Associação de Atletismo de Braga, falou numa prova de atletismo de organização exigente, mas, ao mesmo tempo, “um evento que tem impacto na cidade”, sendo nestas iniciativas que “se dinamiza e promove uma modalidade como o atletismo”.

O Vitória SC é também um dos parceiros envolvidos na organização da meia maratona Cidade Berço, com Silvério Alves, que tem a pasta da gestão das modalidades, a sustentar que “o atletismo é uma modalidade na qual o Vitória SC tem vindo a apostar um pouco mais na retenção de talento”. O responsável do clube vimaranense salientou o “orgulho” de poder fazer parte deste evento sustentável e também solidário.

A caminhada volta a ser, uma vez mais, solidária, uma vez que 50% do valor da inscrição reverte a favor das associações nas quais são feitas as referidas inscrições, uma ação “importante”, refere Nelson Felgueiras. O vereador salientou a vontade de dar ainda mais visibilidade à meia maratona que percorre algumas das principais ruas de Guimarães, estando previstas várias ações nesse sentido, por exemplo com um conjunto de embaixadores. As inscrições podem ser feitas a partir do dia 01 de julho no site da prova.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73