skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
14 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

DESPORTO | Voleibol feminino do Vitória perde na negra após recuperação

Redação
Desporto \ domingo, janeiro 15, 2023
© Direitos reservados
A equipa de Hélder Andrade esteve a perder por 2-0 na visita ao Porto Vólei, mas teve personalidade para igualar o encontro, antes de perder na negra com alguns erros na fase decisiva.

Domingo | 15 de janeiro

 

Voleibol Feminino (Liga LIDL): Porto Vólei 3-2 Vitória SC

Depois das derrotas caseiras pela margem máxima frente à AJM/FC Porto (3-0) e ao Leixões (3-0), o Vitória transmitiu este domingo uma imagem mais próxima daquilo que é capaz, embora perdendo no set decisivo frente ao Porto Vólei, para a quinta jornada da fase de Apuramento de Campeão da Liga LIDL, o principal campeonato nacional feminino.

Os dois primeiros sets foram para esquecer, assemelhando-se ao que se vira no fim de semana passado – derrotas por 25-15 e por 25-17 -, mas o serviço melhorou a partir do terceiro set, a receção também e os ataques ganharam fluidez. O bloco vitoriano revelou-se um obstáculo difícil de ultrapassar para as portuenses, pelo que as comandadas de Hélder Andrade igualaram o encontro, ao vencerem o terceiro parcial (25-20) e o quarto (25-17).

No set decisivo, o Vitória partiu atrás, mas empatou o jogo a sete, aproveitando o serviço de Jéssica Carriel. O treinador do Porto Vólei pediu desconto de tempo, e dois erros na distribuição vitoriana fixaram o resultado em 10-7, distância que se revelou impossível de recuperar.

O Vitória é sexto classificado com 12 pontos e desloca-se, no próximo jogo, a Lisboa, para defrontar o Benfica.

 

Voleibol Masculino (Liga Una Seguros): Castêlo da Maia 2-3 Vitória SC

O desempenho da equipa masculina acabou por ser o inverso da feminina: o grupo treinado por João Santos esteve a vencer por 2-0 na Maia, viu o adversário empatar e foi mais forte na negra, em sets todos eles equilibrados.

Os dois conjuntos estiveram várias vezes lado a lado no marcador, mas a formação preta e branca revelou-se mais forte nos dois primeiros sets, vencendo-os por 25-22 e 25-23. A formação anfitriã respondeu na mesma moeda e igualou o encontro 2-2 com parciais de 25-22 e 25-20.

No quinto e último set, o Vitória liderou quase sempre o marcador, tendo-se lançado definitivamente para o triunfo quando somou três pontos seguidos e passou do 9-7 para o 12-7. O Castêlo ainda reagiu, mas tarde.

Sétimo classificado da fase de apuramento de campeão, com sete pontos após cinco jornadas, o Vitória recebe na próxima a Académica de Espinho, oitava e última da tabela, com cinco. O duelo está marcado para as 18h00 de sábado, 21 de janeiro.

 

 

Futebol Masculino (Campeonato de Portugal): Brito 1-0 Bragança

Desportivo de Monção, Maria da Fonte, Pevidém, Dumiense e, agora, o Bragança: estas são as equipas que a formação de André Anastácio derrotou nas partidas mais recentes para a Série A do Campeonato de Portugal.

Neste domingo à tarde, os britenses receberam os brigantinos na Arena Silvar e selaram mais três pontos com um golo de João Filipe, ao minuto 82. O ponta de lança atirou para o fundo das redes numa recarga junto à pequena área.

Quinta classificada ao fim de 14 jornadas, com 22 pontos, a turma preta e branca visita, na próxima ronda, o Amarante, segundo classificado, com 26. O duelo está marcado para as 15h00 de domingo, 22 de janeiro.

 

Futebol Masculino (Campeonato de Portugal): Pevidém 1-0 Desportivo Monção

Derrotado nas jornadas anteriores pelo Brito (1-0) e pelo Maria da Fonte (3-2), o Pevidém necessitou de apenas dois minutos para marcar o golo que lhe devolveu o sabor das vitórias: Jorginho encostou de forma oportuna no início do encontro com Desportivo de Monção, realizado este domingo à tarde no Albano Martins Coelho Lima, e selou assim o 1-0 final com que os cavaleiros de São Jorge venceram.

Com o triunfo, a equipa azul celeste manteve a sexta posição, com 21 pontos. Na próxima ronda, o Pevidém volta a jogar em casa, depois de ter trocado a ordem dos jogos com o Dumiense, o próximo adversário. A receção à antiga equipa do agora treinador do Pevidém, André Brito, está marcada para as 15h00 de domingo, 22 de janeiro.

 

 

 

Sábado | 14 de janeiro

Futsal Masculino (Liga Placard): CR Candoso 3-2 Ferreira do Zêzere

O CR Candoso respira, para já, fora da zona de descida na Liga Placard: a bomba de Márcio Moreira a 25 segundos do fim permitiu à turma de Guimarães encerrar um jejum de oito partidas sem vitórias no campeonato e subir provisoriamente à 10.ª posição, a primeira acima da linha de água, com sete pontos. Tem mais um do que o Portimonense, conjunto que defronta, neste domingo, o Leões de Porto Salvo, para a 13.ª jornada.

O início pareceu auspicioso para os homens vestidos de amarelo: Vini criou uma oportunidade logo a abrir e, à passagem do minuto seis, abriu o marcador com um remate cruzado, a passe de Amílcar. Em vantagem, a equipa de São Martinho de Candoso controlou os minutos que se seguiram, antes da reação do Ferreira do Zêzere emergir no final da primeira parte. Aí, Sandro Barradas teve de se aplicar.

A equipa do distrito de Santarém manteve esse ascendente à partida para o segundo tempo e virou o resultado com golos de Nicolas Tomé e de Costelinha, mas o Candoso tinha ainda duas cartas da manga, não só certeiras, como espetaculares.

O empate apareceu ao minuto 33: Amílcar fez nova assistência, dessa feita para Vítor Hugo que, de calcanhar, fez passar a bola entre as pernas de Guilherme Oliveira. Daí, seguiu-se uma ponta final que foi autêntica montanha-russa: depois de Rui Fortes ter falhado o 3-2 para o Ferreira à boca da baliza, a um minuto do fim, Márcio Moreira atirou a contar, redimindo-se do livre direto falhado a 02.38 minutos do fim. Na reposição de Óscar Santos, o ala disparou para o ângulo superior esquerdo.

Na próxima jornada, o Candoso visita Ponte de Sor para defrontar o Eléctrico, em partida agendada para as 16h00 de 22 de janeiro, um domingo.

 

Voleibol Masculino (Liga Una Seguros): Esmoriz 3-0 Vitória SC

O Vitória continua arredado dos triunfos na Série dos Primeiros do principal campeonato nacional; à quarta jornada, a equipa de João Santos averbou a quarta derrota e a terceira pela margem máxima. Desta feita, o carrasco foi o Esmoriz, que venceu com parciais de 25-19, 25-21 e 25-19. Apesar dos momentos de equilíbrio, a formação preta e branca esteve quase sempre em desvantagem no marcador.

Os homens de Guimarães ocupam o sétimo e penúltimo lugar da série, com cinco pontos, e reentram em ação este domingo, novamente fora de casa; o Vitória defronta o sexto classificado Castêlo da Maia a partir das 18h00.

 

 

Polo Aquático Masculino (Divisão A1): CN Povoense 10-20 Vitória SC

Na deslocação deste sábado à noite a Matosinhos, casa emprestada do Naval Povoense, os vitorianos triunfaram por 20-10, tendo alcançado a terceira vitória em cinco partidas realizadas para a primeira fase da Divisão A1 masculina.

A equipa de Vítor Macedo terminou o primeiro período a vencer por 6-0 e controlou todas as operações daí em diante. Os vitorianos chegaram ao intervalo com uma vantagem de 9-2 e concluíram o terceiro quarto com um 15-7 no marcador, antes de selarem o resultado no quarto e último período.

Na próxima jornada, marcada para 28 de janeiro, o Vitória recebe o líder Fluvial nas Piscinas Municipais de Guimarães, em duelo marcado para as 19h30.

 

Futebol Feminino (2.ª Divisão – Apuramento de Campeão): Vitória SC 1-1 Benfica B

Após a derrota por 4-0 frente ao Sporting B a abrir a fase de subida para o escalão principal, o Vitória somou o primeiro ponto na receção à equipa secundária do Benfica.

Na Pista de Atletismo Gémeos Castro, as lisboetas inauguraram o marcador aos 65 minutos, por Beatriz Nogueira, mas as comandadas de Ivo Roque reagiram e empataram numa grande penalidade convertida por Sara Lemos, a punir mão de Marta Gago no interior da área benfiquista.

A formação vitoriana ocupa a sexta posição e defronta, na terceira jornada, o líder da série, Racing Power. O duelo está marcado para o fim de semana de 28 e 29 de janeiro, no Seixal.

 

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73