skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Moreirense tem de “subir um patamar” para disputar jogo com Sporting

Redação
Desporto \ domingo, fevereiro 18, 2024
© Direitos reservados
Na véspera de defrontar aquela que considera a melhor equipa a jogar no campeonato, Rui Borges defende que os cónegos têm de se exibir a um nível superior do habitual, mantendo os princípios.

Com “uma classificação tranquila” na antecâmara de receber o Sporting esta segunda-feira, o Moreirense tem de subir de nível e mostrar ambição para ter alguma hipótese de disputar a vitória com aquela que Rui Borges considera a equipa em melhor forma do campeonato.

“O nosso desafio para este jogo não deixa de ser o de ganhar. Mas é difícil perante a melhor equipa a jogar no nosso campeonato. Temos de subir um patamar, não podemos estar ao mesmo nível dos outros jogos porque o Sporting está num patamar acima dos outros adversários. Os adeptos serão importantes para nos ajudarem a conquistar os três pontos”, realçou, na antevisão ao duelo marcado para as 20h15 de segunda-feira.

A receita para domar os leões e “contrariar o seu favoritismo” passa por “tomar decisões mais rápidas” no processo ofensivo, com momentos de transição que têm de ser aproveitados, por “anular a profundidade e jogo de apoio do Sporting” e por “saber sofrer” em conjunto. O timoneiro da equipa de Moreira de Cónegos considera praticamente certo “passar por dificuldades” e “errar mais passes” frente à turma orientada por Rúben Amorim.

"O Sporting é uma equipa que luta por títulos, está pressionada desde o início da época. Vamos ter um jogo de grau de dificuldade bastante elevado, contra uma equipa que está num momento de forma acima das outras. É a equipa com mais confiança, mais dinâmica. Resta-nos ser iguais a nós próprios para perceber de que forma podemos tentar anular o Sporting, o que é difícil. Está difícil pará-los, porque em termos coletivos percebem muito bem os timings uns dos outros, aceleram o jogo nos momentos muito certos, têm uma referência no ataque que tem feito a diferença”, vincou.

Rui Borges lembrou ainda que o Moreirense soma mais pontos do que os que tinha na mesma fase da primeira volta – seis contra quatro – e vinca que a equipa está preparada para “mostrar o que pode valer” depois de cumprido este ciclo de dificuldade elevada a abrir a segunda volta.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73