skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
25 fevereiro 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Vitória reformula organograma. Direção estratégica reparte-se em seis áreas

Redação
Desporto \ quarta-feira, fevereiro 01, 2023
© Direitos reservados
Do futebol às finanças, o dia a dia do Vitória passa a repartir-se em seis áreas, sob coordenação do presidente, António Miguel Cardoso. O processo visa “definir claramente hierarquias”, lê-se.

Uma “direção estratégica” que se reparte por seis áreas de atuação, sob a alçada do presidente do Vitória SC, António Miguel Cardoso, e uma comissão executiva com nove pelouros sob a coordenação do diretor-geral, Pedro Coelho Lima: este é o resumo de organograma de funcionamento do clube preto e branco, anunciado nesta quarta-feira com o intuito de “definir claramente hierarquias” na estrutura, lê-se no sítio oficial.

“Ao longo dos últimos meses, a administração do Vitória Sport Clube entendeu necessário proceder a alterações várias no funcionamento da estrutura profissional que sustenta a atividade diária do clube”, refere a nota publicada. “Esta reforma estrutural tem agora o seu epílogo e visa tornar a organização mais eficiente e autónoma, sem dependência vital de qualquer mudança significativa no comando da administração da SAD e direção do clube”.

Assim, António Miguel Cardoso está ao leme de uma “direção estratégica” que apresenta Nuno Leite como o responsável pelo futebol profissional, Pedro Meireles como o responsável pelo futebol de formação, José Eduardo Viamonte à frente da comunicação, do marketing e da estratégia comercial, Dino Jordão com as pastas das finanças e do património, Armando Guimarães com os departamentos jurídico, de pessoal e de associados, e ainda Silvério Alves com as restantes modalidades.

Pedro Coelho Lima surge como diretor-geral acima de uma comissão executiva formada por Pedro Gonçalves (futebol profissional), Rui Borges (futebol de formação), Rogério Matias (estratégia para o futebol), Cármen Dias Pereira (contabilidade), Diogo Ribeiro (departamento financeiro), Duarte Magalhães (comunicação, marketing e departamento comercial), Gonçalo Serra Fraga (departamento jurídico), Rosa Maria Fernandes (associados) e Sérgio Abreu (modalidades).

“Este procedimento pretende restruturar as várias equipas dentro da organização e definir claramente hierarquias, áreas de atuação, departamentos e cargos, com o objetivo principal de garantir que cada colaborador desempenhe as suas funções de modo competente e eficaz”, conclui a nota.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #67