skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

No palco, uma atriz e um bailarino partem em busca do "Perfil Perdido"

Redação
Cultura \ segunda-feira, maio 03, 2021
© Direitos reservados
"Perfil Perdido", espetáculo do cineasta Marco Martins, junta Beatriz Batarda e Romeu Runa. Para ver em 14 e 15 de maio no Centro Cultural Vila Flor.

Teatro e dança encontram-se no palco do Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor (CCVF) a 14 e 15 de maio com Perfil Perdido, do encenador e cineasta Marco Martins, sobre filiação e a figura do pai.

A obra nasceu da ideia de criar um espetáculo para a atriz Beatriz Batarda e o bailarino Romeu Runa, e da vontade de Marco Martins trabalhar o tema da filiação e da figura do pai. "Perfil Perdido parte da relação pai-filho para abordar questões como o género, a filiação, a domesticidade, a animalidade e a humanidade, a nossa condição de ascendência e descendência, entre muitos outros sentidos possíveis que o espetáculo gera a cada apresentação", informa A Oficina em comunicado.

"Partindo da representação da figura do pai enquanto elemento central da arte ocidental e da domesticidade enquanto estaleiro, os dois protagonistas percorrem a vida de várias personagens, outros eus, criando relações e cruzamentos inesperados – não têm idade nem género ou corpo definido, transmutam-se entre si, criando mundos fugazes e fragmentados", lê-se na mesma nota.

Perfil Perdido é uma coprodução d’A Oficina com a Arena Ensemble, S. Luiz Teatro Municipal, Teatro Nacional S. João e Cine-Teatro Louletano e teve a sua estreia mundial em novembro do ano passado, na Turquia, no âmbito da 23.ª edição do Festival de Teatro de Istambul. A sonoplastia é de Tiago Cerqueira, a cenografia, de Fernando Ribeiro, o desenho de luz, de Nuno Meira, o desenho de som, de Sérgio Milhano, e o figurino, de Teresa Pavão.

Na sexta-feira, 14 de maio, Perfil Perdido apresenta-se às 19h30, e no sábado, dia 15, assume o palco pelas 11h00.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73