skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
24 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Num jogo “intenso”, para Álvaro Pacheco “a vitória acaba por se ajustar”

Redação
Desporto \ domingo, abril 07, 2024
© Direitos reservados
Técnico do Vitória SC admite que “faltou clarividência na segunda parte”, após uma “primeira parte controlada” pela sua equipa. Quer “continuar a crescer”.

Álvaro Pacheco considera que o triunfo do Vitória SC no Estádio Dragão “acaba por se ajustar” ao que a sua equipa fez, destacando uma prestação em que os conquistadores foram capazes, na sua ótica, de controlar a primeira metade do encontro.

“Foram duas partes distintas, a primeira parte foi muito bem controlada por nós, retirámos os espaços ao Porto e saímos muito bem em transições. Fizemos dois golos e podíamos ter feito o terceiro golo pelo Kaio, e na única oportunidade o Porto consegue reduzir” analisou o treinador, dizendo que “o estado anímico é diferente” após a sua equipa sofrer o 1-2 instantes antes do intervalo.

Na segunda metade, o figurino foi diferente. “Estivemos sempre muito coesos, sabíamos que o Porto com o tempo ia desequilibrar-se. Penso que faltou aí a clarividência para sair com mais fluidez. Pelo que fizemos, pelas contrariedades que tivemos, tivemos de sofrer na parte final, mas a vitória acaba por se ajustar”, atirou.

Questionado pelos objetivos do Vitória SC, agora que está a dois pontos do FC Porto após igualar o Braga, o técnico diz que “atingimos o objetivo dos 56 pontos, no próximo fim-de-semana queremos os 59. Evoluímos do último jogo para este, queremos continuar a crescer”.

Álvaro Pacheco abordou ainda a sequência de jogos com o FC Porto, falta a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal: “Disse sempre que esta ia ser um jogo diferente, o jogo da Taça tem um cariz diferente; no final do jogo disse que a eliminatória não estava fechada e o jogo de hoje provou isso mesmo”, terminou.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73