skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Num “jogo monstruoso”, Álvaro foca em chegar aos 36 pontos no próximo

Redação
Desporto \ segunda-feira, janeiro 15, 2024
© Direitos reservados
Treinador do Vitória SC considera o triunfo frente ao Arouca “mais do que justa”. Lamenta a ausência do terceiro golo e já aponta ao Estrela da Amadora.

“Sabíamos que tínhamos de ser Vitória, entrar fortes, personalizados e com coragem com bola e sem bola” era esta a receita do Vitória SC para a receção ao Arouca, no entender de Álvaro Pacheco. Os ingredientes acabaram por não ser os ideais, o Vitória sofreu golo logo a abrir, sendo que o técnico salienta a capacidade da sua equipa ser fiel ao plano traçado.

“Tivemos uma vontade muito grande de fazer golo, é evidente que quando lidas com um adversário que o seu ponto forte é a transição e no primeiro lance conseguem sair e fazer golo é complicado, mas a equipa ficou tranquila e teve personalidade. Não nos desviámos do plano de jogo. Fizemos uma primeira parte fantástica, conseguimos com o jogo posicional não permitir as saídas do Arouca, com a pressão, e entrámos bem no ataque, em combinações, tivemos algumas oportunidades e o segundo golo é exemplo da nossa serenidade e qualidade. Ao intervalo disse aos jogadores que tinham de manter o foco, chegámos à vantagem com mérito. Uma equipa como a nossa, que se desequilibra com a ganância de fazer golo, faz com que acabássemos por ter perdas de bola que deram oportunidades ao Arouca”, disse o treinador, na sala de imprensa, após o jogo.

Nesta sequência, Álvaro Pacheco sustentou que “foi pena não conseguirmos fazer o terceiro ao empurrar o Arouca lá para trás, daria mais justiça ao resultado”. “Vitória mais do que merecida dos meus jogadores, que mais uma vez fizeram um jogo monstruoso”, rematou.

Em relação à prestação do Vitória, que vai em oito jogos consecutivos sem perder, o técnico não traça metas nem entra em retrospetivas, focando-se no imediato. Aponta já ao próximo domingo, ao jogo com o Estrela da Amadora.

“Quando tenho uma equipa completamente disponível e apaixonada pelo que estás a criar, com alicerces bem cimentados, sentes que esta equipa é capaz de crescer. Focamos na capacidade que temos, agora é focar novamente no trabalho, esta equipa terá de criar nuances diferentes, crescer de forma mais imprevisível. O nosso objetivo é fazer 36 pontos no próximo jogo”, atirou Álvaro Pacheco.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73