skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Concurso para requalificar EB1 Agostinho da Silva em Abação já está aberto

Tiago Mendes Dias
Educação \ terça-feira, junho 06, 2023
© Direitos reservados
O preço-base para a empreitada é de 740 mil euros mais IVA e o prazo de execução previsto é de 300 dias. Cerca de 60 crianças de Abação e Gémeos têm aulas em Pinheiro há dois anos.

O executivo da Câmara Municipal de Guimarães vota, nesta quinta-feira, a repartição dos encargos para a requalificação da EB1 Agostinho da Silva, em Abação, cujo concurso foi aberto a 17 de maio.

Publicado em Diário da República, esse concurso fixa um preço base de 740 mil euros mais IVA, sendo possível o acréscimo de um máximo de 20% a esse valor; portanto, a obra pode ascender a um máximo de 888 mil euros, caso este concurso não fique vazio. Já o prazo de execução estabelecido é de 300 dias. A repartição de encargos indica que o município deve investir 300 mil euros em 2023 e 484.406 euros em 2024.

O concurso para a intervenção está em vigor numa fase em que a unidade de ensino está encerrada. O cenário verifica-se desde o início do ano letivo 2021/22, adiantou ao Jornal de Guimarães o diretor do Agrupamento de Escolas de Abação.

“A escola tem alguns espaços que precisam de intervenção, nomeadamente a cantina, que nos preocupava bastante. O presidente da Câmara considerou importante requalificar o espaço e a maioria dos pais concordou com o encerramento. Estamos a aguardar que o concurso vá para a frente, que a obra seja adjudicada e vá para a frente. Os alunos e as famílias estão ansiosos”, disse Firmino Lopes.

Assim, cerca de 60 crianças das freguesias de Abação e de Gémeos frequentam, pelo segundo ano letivo consecutivo, a EB1/JI de Soutelo, em Pinheiro. “A escola de Pinheiro foi requalificada, tem boas condições, convivem todos e entendem-se bem. Mas as pessoas de Abação reivindicam o seu espaço, a sua escola, que pode servir para outros fins”, acrescentou.

A expetativa do agrupamento é que, à semelhança das outras escolas básicas do território, a Agostinho da Silva disponibilize jardim de infância – “os alunos do jardim de infância estão deslocados”, esclareceu o docente.

 

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73