skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Osmusiké apresentam mais um "Cadernos": os 20 anos de Património são o foco

Redação
Cultura \ quarta-feira, dezembro 15, 2021
© Direitos reservados
Ainda uma promessa para 2022: a de celebrar nos cadernos "os 10 anos de Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, os 20 anos de vida associativa d’Osmusiké e os 100 anos" do Vitória SC.

O Paço dos Duques acolheu a sessão de apresentação da publicação "Osmusiké Cadernos 3" alusiva ao tema "Guimarães - Património Mundial da Humanidade". A cidade berço foi amplamente referida e destacada por ser "uma referência incontornável da preservação e salvaguarda patrimonial e cultural".

Algo que diz muito aos Osmusiké: preservação e salvaguarda são "a pedra de toque da ação cívica e de cidadania" do coletivo, referiu Jorge Nascimento. "Por isso, não poderíamos ficar indiferentes, neste momento alto, uma vez que Guimarães, como se canta no seu hino, é “toda a nossa vida e toda a nossa aspiração”, referiu ainda o diretor.

"Um projeto coletivo, de partilha, abrangente, dinâmico, de causas que, nascido com o confinamento desconfinou, e já vai no número 3, num curto espaço de tempo. Guimarães e a cultura a ganhar", explicou ainda. Na apresentação pública dos Cadernos 3 ficou ainda patente uma promessa para 2022. A de celebrar nos cadernos "os 10 anos de Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, os 20 anos de vida associativa d’Osmusiké e os 100 anos" do Vitória SC.

Discursaram também na cerimónia a arquiteta Alexandra Gestas, que durante cerca de 25 anos dirigiu o projeto de recuperação do burgo, que culminou com a classificação do Centro Histórico a Património Cultural da Humanidade, em 2001, processo pelo qual foi responsável; o historiador Fernando Capela Miguel; e a vice-presidente da Câmara de Guimarães, Adelina Paula Pinto.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73