skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Paulo Turra: “Tivemos a resiliência de saber jogar este jogo”

Redação
Desporto \ sábado, setembro 23, 2023
© Direitos reservados
Treinador referiu que o Vitória está a construir uma identidade mais ofensiva aos poucos, de “baixo para cima”, e crê que os golos vão aparecer com naturalidade mais cedo ou mais tarde.

Apesar dos erros cometidos “nos momentos do último e do penúltimo passe”, o treinador do Vitória crê que a sua equipa fez “uma partida convincente” frente ao Casa Pia, equipa com uma das defesas menos batidas do campeonato: quatro golos sofridos, tantos quantos os de FC Porto e Sporting à partida para a sexta jornada da Liga Portugal Betclic.

Paulo Turra recorreu até às estatísticas para justificar os elogios à sua equipa: o Vitória teve 16 situações para rematar contra as 14 do Casa Pia e rematou para fora em quatro oportunidades, enquanto os lisboetas acertaram no poste por uma vez. “Esta é uma equipa que está há três anos com o mesmo treinador, que tem uma base. Hoje, após três resultados negativos, tivemos a resiliência de saber jogar este jogo e sermos inteligentes”, disse, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Rio Maior.

O técnico brasileiro congratulou os seus jogadores e os adeptos vitorianos presentes em Rio Maior depois de uma partida em os seus jogadores foram dominantes, com 56% de posse de bola, a tentarem cumprir um processo de trabalho rumo a uma equipa mais ofensiva. “Tivemos oportunidades e esse é um processo que está a ser construído para que o Vitória de Guimarães tenha uma identidade de um futebol mais direto e mais ofensivo direto. Acredito que hoje foi mais uma prova disso”, acrescentou.

Para o timoneiro vitoriano, “nada se constrói de cima para baixo”, apenas “de baixo para cima”. “Tenho a certeza de que se continuarmos a trabalhar da maneira que temos trabalhado, a questão do golo, ou dos golos, vai acontecer”, reiterou.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73