skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
25 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Polo da UNU acolhe o início da nona edição do Eco Parlamento

Redação
Educação \ sexta-feira, fevereiro 02, 2024
© Direitos reservados
Primeira ação da iniciativa ligada ao programa Pegadas, da Câmara Municipal de Guimarães e do Laboratório da Paisagem, desenrola-se no sábado, entre as 09h30 e as 12h30.

A nona edição do Eco Parlamento, iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Guimarães e pelo Laboratório da Paisagem ao abrigo do programa Pegadas, arranca na manhã de sábado, em Couros, na Universidade das Nações Unidas – Unidade Operacional de Governação Eletrónica (UNU-EGOV), informou a instituição ligada à Organização das Nações Unidas (ONU).

Nesta primeira ação, que decorrerá entre as 9h30 e as 12h30, pretende-se que os alunos participantes, do 1.º ao 3.º ciclo do ensino básico, provenientes de várias escolas, estabeleçam um primeiro contacto e criem dinâmicas de grupo, numa sessão em poderão aprender mais sobre a ONU, a UNU e sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), através de um conjunto de atividades lúdicas e pedagógicas que facilitem a compreensão dos ODS e o caminho para os atingir.

No final, os 28 alunos esperados receberão um certificado de participação e uma fotografia instantânea de recordação junto à bandeira da Nações Unidas.

O Eco Parlamento, acrescenta a nota, é a atividade âncora mais emblemática do programa Pegadas e procura estimular o debate entre crianças e jovens sobre o desenvolvimento sustentável, identificando desafios ambientais do território que habitam e propondo soluções sustentáveis através de sessões de debate, que decorrem ao longo do ano. No final é votado o melhor projeto.

A UNU-EGOV tem colaborado nas edições mais recentes com os promotores do Eco Parlamento, recebendo os alunos e professores nas suas instalações, na zona de Couros, em Guimarães. Esta sessão constitui uma oportunidade para promover a missão da UNU e das Nações Unidas e estimular as crianças e jovens a ambicionar uma carreira numa organização internacional, conclui o comunicado.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73