skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Prazins Santo Tirso: cápsula do tempo num elo de 27 anos com o futuro

Redação
Sociedade \ sexta-feira, julho 14, 2023
© Direitos reservados
Sete guardiões têm as responsabilidade de manter a cápsula longo dos olhares até 2050, altura em que será aberta. Há mensagens para as gerações futuras.

Em Prazins Santo Tirso o presente está em contacto com o futuro, através da iniciativa Cápsula do Tempo, dinamizada pela Associação de Pais da Escola do Deserto, juntamente com da Junta de Freguesia de Prazins Santo Tirso e Corvite.

A ideia é proporcionar “uma experiência única e memorável à comunidade”, uma vez que foi colocada uma cápsula do tempo nas imediações da escola, que apenas vai ser resgatada em 2050, ou seja, dentro de 27 anos.

“No interior da cápsula, estão objetos utilizados pelos alunos nas aulas, uma pen drive com fotos e vídeos das atividades realizadas recentemente, capas de jornais e revistas recolhidas no dia 30 de junho de 2023 e cartas redigidas pelos alunos e docentes dirigidas às gerações futuras”, dá conta a organização desta iniciativa.

Sete personalidades foram convidadas foram convidadas a abraçar este desafio, sendo os guardiões da cápsula do tempo, nomeadamente Adelina Pinto, Vereadora da Educação, o Diretor do Agrupamento, Presidente da Junta, docentes da Escola de Deserto, representantes atuais da Associação de Pais e o Pároco da Freguesia.

Este grupo ficou incumbido de zelar pela segurança e preservação da cápsula do tempo durante os 27 anos em que ficará guardada. Outra missão será entregarem estas memórias às gerações futuras. O pacto foi selado com a oferta de um porta-chaves a cada um, onde constam as coordenadas GPS do local exato da cápsula do tempo, dado que só eles saberão com precisão onde ela se encontra, bem como a data da sua abertura.

A cápsula do tempo representa um elo entre o passado, presente e futuro, além de incentivar a reflexão sobre a evolução e os desafios enfrentados ao longo do tempo. A expetativa é de que, quando aberta, essa cápsula revele um retrato fiel da realidade vivida pelas pessoas presentes naquele momento, proporcionando uma compreensão mais profunda sobre o contexto social, cultural e educacional da época, permitindo à comunidade de Prazins Santo Tirso compartilhar momentos especiais com o futuro e celebrar a união em torno do conhecimento e da preservação da história local.

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: