skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
14 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Laboratório da Paisagem vê aprovado projeto para “alimentação sustentável”

Redação
Ambiente \ segunda-feira, fevereiro 06, 2023
© Direitos reservados
Intitulado 360.come, o projeto que inclui, por exemplo, a criação de uma base de dados de produtos locais para comércio e hotelaria garantiu financiamento do Fundo Ambiental.

O projeto do Laboratório da Paisagem para a “alimentação sustentável”, o “uso sustentável do solo” e “a economia circular”, intitulado 360.come, foi aprovado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Ação Climática; com orçamento global de 48.532,88 euros, a iniciativa conta com 33.973,02 euros oriundos do Fundo Ambiental.

Após recolher “nota máxima na avaliação das diferentes candidaturas”, o 360.come aposta no desenvolvimento de kits de cultivos criados a partir do desperdício têxtil pós-consumo, em ações de educação, capacitação e sensibilização nas escolas, no mapeamento dos produtos locais para criação de uma base dados acessível aos comerciantes, hotelaria e comunidade e na avaliação da segurança química de alimentos produzidos nas hortas escolares e/ou comunitárias, lê-se no comunicado da instituição sediada em Creixomil.

O projeto tenciona ainda criar um e-book com 12 receitas de chefs vimaranenses, um manual de boas práticas para cantinas e ações de capacitação e sensibilização para a comunidade. “Através do uso de estratégias de educação e comunicação inovadoras, pretende-se demonstrar que a alimentação saudável, o desperdício alimentar, o consumo de proximidade, a transição para uma economia circular e a promoção do bom uso dos solos, são temáticas que deverão ser vistas de um modo holístico e interconectado, potenciando a alteração de comportamentos”, vinca o Laboratório da Paisagem.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73