skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2021
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Projeto em investigação clínica vale prémio ao Hospital Senhora da Oliveira

Redação
Saúde \ terça-feira, novembro 09, 2021
© Direitos reservados
Distinguida pela Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica, unidade de Guimarães ambiciona estrutura para a investigação clínica, face ao aumento de estudos e ensaios nos últimos três anos.

O Centro Académico do Hospital Senhora da Oliveira (HSO) vai receber esta terça-feira um prémio da Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB), que distingue um projeto para a “instalação de um hospital de dia dedicado à investigação clínica”, lê-se no comunicado da unidade de saúde.

Atribuída a propósito do Concurso de Projetos de Capacitação dos Centros de Investigação Clínica em 2021, a distinção reconhece uma iniciativa que visa “promover a melhoria da eficácia e a standardização de procedimentos no âmbito dos diferentes protocolos de investigação em curso” e ainda “proporcionar um ambiente seguro e de conforto para os utentes envolvidos nestes protocolos”.

“A estrutura permitirá também capacitar o Centro Académico para a realização de ensaios clínicos em fases mais precoces, o que o torna mais competitivo e atrativo para estudos nacionais e internacionais”, refere ainda o comunicado no âmbito do prémio que será entregue a partir das 15h00, numa cerimónia que vai decorrer no auditório do Infarmed, em Lisboa.

A investigação clínica tem crescido no hospital vimaranense, que totaliza 135 ensaios clínicos em áreas diversas, que contribuem “para o avanço do conhecimento e das opções terapêuticas existentes”, lê-se na nota de imprensa. O número de ensaios clínicos subiu, aliás, 137% nos últimos três anos, enquanto o número de profissionais de saúde envolvidos em investigação aumentou 134%, fixando-se nos 145 elementos. Já os estudos realizados por iniciativa dos profissionais de saúde cresceram 20%.

O HSO passou a integrar a Rede Portuguesa de Infraestruturas para a Investigação Clínica (PtCRIN) desde 2021, através da “ligação fundamental” com a Escola de Medicina da Universidade do Minho e o seu Instituto para a Investigação em Ciências da Vida e da Saúde, indica ainda o comunicado.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #16