skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

PS Guimarães: Vítor Oliveira propõe voto antecipado “pioneiro”

Redação
Política \ terça-feira, junho 25, 2024
© Direitos reservados
Candidato à concelhia de Guimarães do PS propõe que se possa votar já este domingo, em antecipação, para as eleições de 06 de julho.

Vítor Oliveira, líder de uma das três candidaturas à concelhia de Guimarães do Partido Socialista, propôs a possibilidade dos militantes vimaranenses poderem exercer antecipadamente o seu direito de voto, na sede do PS, no Toural, no próximo domingo, dia 30 de junho.

As eleições estão marcadas para 06 de julho, e crê a candidatura que coincide com o período de férias de muitos militantes, o que impedirá o cumprimento do respetivo exercício cívico na data agendada, daí a formalização desta proposta.

“O prazo de entrega das candidaturas termina na próxima sexta-feira, 28 de junho, e o eventual ato eleitoral antecipado, efetuado sob inscrição prévia, seria realizado no próximo domingo!”, propõe Vítor Oliveira, que recorda o facto dos cadernos eleitorais já se encontrarem fechados desde a semana passada, a partir do momento em que terminou, também, o prazo para pagamento e regularização de quotas.

“Estão reunidas todas as condições para Guimarães, a maior concelhia do PS em Portugal, ser pioneira e concretizar o voto antecipado! A legislação eleitoral já permite votar antecipadamente, logo, enquanto agentes políticos, só vamos a contribuir para a dinamização e vitalidade da Democracia. Haja boa vontade e empenho!”, afirmou.

“O processo é simples e não envolve grande logística”, ressalvou o candidato, que resumiu o teor da proposta: “Esta sexta-feira, termina o prazo de entrega de candidaturas! No sábado de manhã, as candidaturas reuniriam e tratavam de toda a logística habitual. No domingo, decorria a assembleia de voto antecipado, num intervalo horário a definir. Os votos seriam lacrados individualmente no interior de um envelope e depositados no interior de uma urna, que seria confiada à PSP até à conclusão do ato eleitoral, marcado para 06 de julho. No final desse dia, representantes das listas abririam a urna de voto e far-se-ia a contabilidade da votação antecipada, juntamente com os votos do dia 06 de julho”.

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73