skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

PS: Vítor Oliveira apresenta dez medidas numa “candidatura sem inimigos”

Bruno José Ferreira
Política \ terça-feira, junho 11, 2024
© Direitos reservados
"Guimarães primeiro" é o lema da candidatura de Vítor Oliveira ao PS de Guimarães, que propõe Adelina Pinto como candidata à Câmara. Vimaranense apresenta dez medidas: "um projeto para Guimarães".

Vítor Oliveira apresentou esta segunda-feira, dia 10 de junho, a sua candidatura à presidência da comissão política de Guimarães do Partido Socialista (PS). No Largo de Donães, em pleno Centro Histórico, o candidato divulgou dez medidas que são os pilares para os próximos dois anos dos socialistas vimaranenses.

“Mais do que uma candidatura do PS, um projeto para Guimarães”, referiu o candidato, Vítor Oliveira apelou à união no partido, frisando que “connosco não há candidaturas inimigas, nem rivais”. Nesse sentido, Vítor Oliveira sustentou que "há candidatos por um bem maior", sendo que “todos seremos o exército de Guimarães".

Com o lema “Guimarães primeiro”, Vítor Oliveira anunciou dez medidas para implementar na liderança da concelhia socialista. Ter uma sede, “a mesma ou uma nova”, militância participativa ativa, um gabinete de apoio ao autarca, proposta de criação e uma academia socialista, realização anual do fórum socialista de Guimarães, descentralizar as reuniões da comissão política pelas freguesias, cooperação institucional com diferentes agentes, criação do provedor socialista, melhorar a comunicação com a criação de site e acervo e, por último, “Conquistar 2025”.

"Esta é a nossa missão e o nosso projeto", disse perante a plateia, considerando que “preparar o próximo ato autárquico é o principal desafio” que há pela frente. Para as eleições autárquicas a candidatura encabeçada por Vítor Oliveira propõe Adelina Pinto como candidata à autarquia.

Num momento simbólico, em pleno palco, a vice-presidente do município foi a primeira subscritora da moção da candidatura de Vítor Oliveira. Considerando que “se calhar é excessivo” o número de candidatos à liderança da comissão política, Adelina Pinto disse que “o Vítor na concelhia vai fazer com que tudo seja muito bem pensado”.

“Este é um grupo com uma nova energia, que se conexa com as pessoas: ninguém está a ver quem cá está, nem a marcar falta a quem não está. O melhor candidato é aquele que melhor pode servir Guimarães. De forma desassombrada, sem umbigos, devemos escolher o melhor candidato e, depois de escolhido, devemos todos apoiar para que Guimarães continue PS”, disse a vereadora.

Antes destes dois intervenientes, foi José de Castro Antunes, diretor de campanha, a abrir a sessão, sustentando que “a causa pública precisa do Vítor Oliveira”. O presidente da Junta de Freguesia de Azurém disse que o candidato “é um homem de ação, com uma visão clara e estratégica para Guimarães”. “Com o Vítor Oliveira, que possuiu capacidade de agir e de liderança, o PS de Guimarães está mais forte e mais preparado”, atirou.   

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73