skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
03 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Quatro projetos da Tempo Livre: bancada no Multiusos e um Scorpio renovado

Bruno José Ferreira
Desporto \ quinta-feira, novembro 17, 2022
© Direitos reservados
"Compromisso com o futuro" foi o mote com que a Tempo Livre apresentou algumas intervenções que pretende fazer nas infraestruturas. O Multiusos já está em mutação. Há planos para o Scoprpio e Inatel.

A Tempo Livre deu esta quinta-feira a conhecer os quatro principais projetos que tem para o futuro a nível de infraestruturas. no dia em que se assinala o 21.º aniversário do Multiusos de Guimarães, Amadeu Portilha, presidente da Tempo Livre, frisou a necessidade de “modernizar as instalações”.

Assim sendo, em sintonia com a Câmara Municipal de Guimarães, foram apresentados quatro projetos de intervenção em quatro espaços tutelados pela cooperativa municipal que se dedica ao desporto em Guimarães.

Desde logo um dos projetos passa por aumentar a lotação do Multiusos, algo que se consegue com a instalação de uma nova bancada – já projetada pelo arquiteto que desenhou esta infraestrutura. “Uma nova bancada, um novo balcão nas galerias do fundo”, explicou Amadeu Portilha, detalhando que aumentará a lotação em mais 260 lugares, com 13 boxes de 14 lugares, mais camarotes e zona vip. Trata-se de uma obra em estrutura met6álica, “sem betão”, sustentou, que se espera que esteja pronta no próximo ano. De resto, o Multiusos já está em mutação, foram construídos camarotes e o restaurante foi ampliado.

Outra intervenção prende-se com o Parque Aquático Scoprpio, situado no Parque da Cidade Desportiva, em que se pretende criar um novo espaço na parte superior “fazer uma praia”, que dará uma oferta mais alargada a esta infraestrutura que este ano teve 280 mil entradas. “É um polo de atratividade a Guimarães no verão”, disse Amadeu Portilha, referindo que muitas dessas pessoas são de fora de Guimarães.

Inatel para requalificar e um bar Na Pista Gémeos Castro

Os outros dois projetos apresentados dizem respeito à Pista de Atletismo Gémeos Castro, que terá um bar – algo inexistente até agora – e o Pavilhão da Inatel, que será requalificado. Neste último caso trata-se de uma obra de maior complexidade, uma vez que o pavilhão pertence à Fundação Inatel, estando sob gestão da Tempo Livre por Via da Câmara Municipal de Guimarães ao abrigo de um contrato de comodato.

“Todas as intervenções estão a ser feitas pelos arquitetos que fizeram a obra”, explicou Amadeu Portilha, sendo agora altura de se trabalhar o financiamento. Domingos Bragança seguiu a apresentação, enaltece os projetos e definiu que estas intervenções são para avançar.

“As obras são avançar para projeto, iremos encontrar financiamento. A modernização é urgente [do Multiusos], tendo em conta o contexto do território, temos que modernizar a nossa e fazer com que esteja sempre à frente. O projeto mais urgente é o da modernização. Scorpio é evidência, é sustentável do ponto de vista financeiro”, disse o líder máximo da autarquia, acrescentando ainda que a intervenção na Inatel “faz sentido”.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38