skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
02 fevereiro 2023
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

“O jogo fica muito decidido no último lance da primeira parte”, diz Moreno

Redação
Desporto \ sábado, janeiro 21, 2023
© Direitos reservados
Técnico reconhece que golo sofrido naquele momento prejudicou estratégia para a segunda parte, ainda para mais numa fase que “não é a melhor” para o Vitória.

Ao analisar o oitavo jogo consecutivo do Vitória sem triunfos, Moreno considerou que o FC Porto foi “um justo vencedor”, “não pelas oportunidades de golo, mas por ter sido a melhor equipa em campo”. “Faltou-nos mais qualidade com bola, não por demérito dos nossos atletas, mas por mérito do FC Porto. A qualidade do FC Porto e os momentos com bola fez com que os nossos atletas corressem muito e perdessem o discernimento no momento após a recuperação de bola”, começou por dizer.

Ainda assim, o momento do golo de João Mário – o último minuto da primeira parte – foi crucial para o desfecho do jogo. Com esse golo, o Vitória ficou impedido de consumar a estratégia idealizada para a segunda parte.

“O jogo fica muito decidido pelo golo [do FC Porto] no último lance da primeira parte. Se ao intervalo, o jogo estivesse empatado, o FC Porto poderia ter aberto mais espaços. Com o FC Porto em vantagem ao intervalo, tivemos de ser nós a ir atrás do resultado. A equipa nunca se desequilibrou, por mérito dos nossos atletas. Deixo uma palavra aos meus atletas, pela entrega”, prosseguiu.

Apesar de defender que o “projeto” do Vitória passa pelo lançamento de jovens jogadores, o técnico reconheceu que o Vitória não atravessa “o melhor momento” e ainda a importância de se recuperarem os jogadores indisponíveis por lesão: Tiago Silva, André André, Tomás Händel e Zé Carlos, este último com um prazo de recuperação mais longo.

O técnico voltou a frisar também que é o principal “responsável” pelos resultados dos vitorianos: “Felizmente, temos 24 pontos [no final da primeira volta]. Sei que aqui a exigência é muito grande, e que os adeptos querem sempre ganhar, mas ninguém mais do que nós quer vitórias. Serei sempre o responsável pelos resultados.”, realçou.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #43