skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
29 junho 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Reuniões descentralizadas: oposição esperava mais; freguesias voltarão a ser palco

Bruno José Ferreira
Política \ segunda-feira, junho 06, 2022
© Direitos reservados
Oposição esperava que da reunião do executivo desta segunda-feira saísse a apresentação de um projeto para Creixomil. Reuniões descentralizadas são para continuar: depois das temáticas as freguesias.

O Laboratório da Paisagem de Guimarães foi o palco da reunião de câmara descentralizada desta segunda-feira. Do antigo Convento de Santa Clara passou-se para Creixomil numa sessão em que, tal como estava previsto, o executivo debateu o tema do ambiente.

Bruno Fernandes, líder da oposição, saudou o regresso do “bom hábito” das reuniões descentralizadas, que permitem “trazer ao terreno as decisões” e “descentralizar a gestão do município”.

Contudo, apesar de aplaudir este regresso, Bruno Fernandes vincou que a oposição “preferia outro modelo” que fosse “mais centrado na freguesia e não num tema”, como foi o caso da reunião de hoje.

“Criou-se a expetativa, e bem, que a ida às freguesias era sinónimo de apresentação de um novo projeto para aquela freguesia. Contávamos ver aqui a apresentação de um projeto em concreto para a freguesia de Creixomil, a freguesia mais populosa do concelho”, que “tem desafios importantes também pela sua localização”.

Antes de Bruno Fernandes abordar esta temática, antes da ordem do dia, o autarca de Creixomil, António Gonçalves, falou em necessidades como as intervenções na Estrada Nacional 206 ou a Rua Oneca Mendes. Bruno Fernandes acrescentou ao leque a necessidade de criar um acesso à Cidade Desportiva e, já na freguesia vizinha, resolver o problema do desnivelamento do nó de Silvares.

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães referiu que as reuniões centralizadas são para continuar, explicando que numa primeira fase serão realizadas “reuniões temáticas descentralizadas onde serão debatidos temas como ambiente, economia, ciência e mobilidade”, sendo que depois “voltamos às reuniões nas freguesias”.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: Guimarães em Debate #32