skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Rodrigo Leão partilha piano com a filha no regresso ao CCVF

Redação
Cultura \ segunda-feira, dezembro 18, 2023
© Direitos reservados
O compositor volta a Guimarães na noite de 20 de janeiro, para um diálogo com a sua filha, Rosa Leão, através de dois pianos. Primeira parte ficará a cargo de Carlos Maria Trindade.

A atmosfera espera-se intimista quando Rodrigo Leão e Rosa Leão subirem ao palco do Grande Auditório Francisca Abreu, no Centro Cultural Vila Flor (CCVF), na noite de 20 de janeiro de 2024. O músico e compositor português apresenta, em Guimarães, o novo álbum "Piano para Piano", um diálogo entre pai e filha através de dois pianos acústicos.

Criado a partir de uma encomenda do Festival de Piano de Vila Nova de Cerveira, "Piano para Piano" arrancou com a composição de duas novas peças, impulso para a criação de um novo álbum.

Com uma carreira multifacetada, explorando sem medos as múltiplas possibilidades da composição, desde os dias pioneiros com Madredeus (banda portuguesa de música de câmara da qual foi um dos fundadores) e Sétima Legião até às suas explorações neoclássicas e bandas sonoras para filmes, Rodrigo Leão é reconhecido dentro e fora de Portugal, até pelos convidados de alguns dos seus trabalhos: o compositor japonês Ryuichi Sakamoto, autor de bandas sonoras como a de “Merry Christmas, Mr. Lawrence” (1983), e a britânica Beth Gibbons, vocalista dos Portishead.

O espetáculo começa às 21h30, estando a primeira parte por conta do piano solo de Carlos Maria Trindade. Depois de uma vida a tocar sintetizadores, o teclista de Heróis do Mar e dos Madredeus volta ao piano no álbum "Vitral Submerso", lançado em 2023. O concerto marca o regresso às origens do artista, que apresenta as composições que criou a partir de 2018 quando recuperou para o seu estúdio o piano Grotrian-Steinweg quarto de cauda, fabricado em 1920 e comprado para ele pelo seu pai quando tinha apenas cinco anos.

Os bilhetes para o espetáculo encontram-se disponíveis por 10 euros ou 7,5 euros com desconto, podendo ser adquiridos nos equipamentos geridos pela cooperativa A Oficina ou online.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73