skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Rui Borges promete Moreirense de “fato de macaco” frente ao Boavista

Redação
Desporto \ quinta-feira, outubro 05, 2023
© Direitos reservados
Triunfo robusto em Vila do Conde “só valeu três pontos” e frente aos axadrezados, o técnico do Moreirense quer que a sua equipa esteja “ciente das dificuldades”.

O arranque de época tem corrido de feição ao Moreirense, que para lá da boa réplica em jogos de dificuldade elevado tem vindo a somar pontos de forma consistente. No último jogo venceu em Vila do Conde por quatro bolas a zero, mas Rui Borges pede foco na receção desta sexta-feira ao Boavista.

“Foi apenas um jogo em que estivemos realmente muito bem em todos os momentos e fomos bastante eficazes”, concorda o técnico dos cónegos, “mas, foram três pontos, nada mais do que isso”, sustenta, dizendo que o seu grupo de trabalho “tem de estar ciente das dificuldades que vai encontrar contra um adversário motivado”.

Recorde-se que o Boavista também está a protagonizar um bom arranque, liderou o campeonato nas primeiras jornadas, pelo que Rui Borges perspetiva “um bom jogo entre duas equipas competitivas e ambiciosas”. Nesse sentido, o treinador promete “um Moreirense de fato de macaco” no jogo de abertura da 8.ª jornada.  

Questionado se o Moreirense está a superar as expetativas, o técnico referiu que “depende das expectativas que cada um tinha para o Moreirense”, acrescentando que da sua parte não há surpresas. “As minhas expectativas eram muito boas porque a equipa tem uma base da época passada com um espírito de vitória. Acredito que podemos ser melhores, mas haverá momentos em que não estaremos tão bem”, concluiu, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

O embate entre o Moreirense e o Boavista, agendado para as 20h15 desta sexta-feira no Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, abre a oitava ronda do principal escalão do futebol português.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73