skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Secundária Martins Sarmento lidera concelho no ranking das escolas

Pedro C. Esteves
Educação \ sexta-feira, maio 21, 2021
© Direitos reservados
O Jornal de Guimarães analisou a lista compilada pelo Público com base nos dados fornecidos pelo Ministério da Educação. Rankings devem “sempre" ser lidos com prudência, avisa ministro da Educação.

Mais um ano, mais um ranking das escolas. Num ano letivo marcado pelo impacto da pandemia, três das quatro escolas públicas do concelho de Guimarães registaram subidas nas listagens publicadas. É o que dizem os cálculos efetuados pelo jornal Público com base nos dados fornecidos pelo Ministério da Educação.

A Escola Secundária Martins Sarmento é a que apresenta melhores resultados. No ranking dos exames é a 151.ª melhor escola do país. Com 950 provas realizadas, regista uma média de 13,82. Há, no entanto, que realçar que, no que toca a escolas públicas, este estabelecimento de ensino pertence a um contexto socioeconómico "intermédio". A compilação do Público (em parceria com a Católica Porto Business School) coloca também a Escola Francisco de Holanda neste contexto; a Secundária das Taipas e a Santos Simões estão inseridas em agrupamentos socioeconómicos “desfavoráveis”. Nenhuma das escolas públicas concelhias é catalogada num contexto socioeconómico "favorável".

Esta é uma das críticas mais prementes à divulgação deste tipo de listagens. O próprio ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, diz que as listagens de estabelecimentos de ensino baseadas nas médias dos exames nacionais são "injustas e redutoras" e “não refletem a qualidade do trabalho das escolas”. Citado pela agência Lusa, o ministro referiu que as classificações dos alunos dependem de diversos fatores “que não têm qualquer relação com a ação da escola”. Este tipo de listagens devem, portanto, “sempre ser lidas com prudência”.

Com 173 provas realizadas e uma média nos exames de 12,92, a Escola Básica e Secundária Santos Simões figura no 344.º lugar a nível nacional e é aquela que apresenta resultados menos positivos no concelho de Guimarães.

Tal como acontece com a maioria dos estabelecimentos de ensino, a média dos exames cresceu em todo o concelho. No capítulo das notas obtidas nos exames, destaque para o 66.º lugar ocupado pela Escola Secundária de Caldas das Taipas na prova de História – uma média de 15,56 nas 19 provas feitas.

No capítulo das escolas privadas, Guimarães conta com duas na listagem: o Colégio Arautos do Evangelho (média de 18,05, mas apenas quatro provas) e o Colégio do Ave, que subiu a média de 12, 20, em 2019, para 16,32.

Há que ter em conta que, no secundário, as provas não foram requisito obrigatório para concluir o ensino.

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38