skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
29 junho 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

SMC Development investe 30 milhões em Guimarães, para 110 empregos

Tiago Mendes Dias
Economia \ sexta-feira, maio 20, 2022
© Direitos reservados
Câmara aprovou candidatura da empresa de produtos farmacêuticos, a mais avultada entre as oito submetidas a PEIM em 2021, de 40 milhões. Proposta da têxtil JF Almeida também apoiada.

Sediada em Prado, localidade do concelho de Vila Verde, a SMC Developments, empresa de produtos farmacêuticos, viu a candidatura a Projeto Económico de Interesse Municipal (PEIM) em Guimarães aprovada pela Câmara Municipal, na reunião do executivo desta quinta-feira.

Avaliado em 30 milhões de euros, o projeto espera criar 110 postos de trabalho, num prazo de implementação de dois anos, e viu a autarquia conceder um “benefício fiscal aplicável” de 93,8%, bem como a “redução de 50% das taxas devidas pelo licenciamento de operações urbanísticas”, descrita no artigo 3.º do Regulamento de Projetos Económicos de Interesse Municipal (RPEIM).

A proposta da SMC Developments é a de maior dimensão entre as oito que foram apresentadas a PEIM no ano de 2021, cujo investimento total supera ligeiramente os 40 milhões de euros, mostra o Relatório e Contas da Câmara Municipal de Guimarães para 2021.

A segunda proposta mais valiosa é a da Extrunorte, firma de embalagens de Lordelo que apresentou um investimento de 3,5 milhões de euros, para 10 novos empregos, e a terceira a do Formalovo, aviário produtor de ovos em Santa Eufémia de Prazins, com dois milhões de euros para dois novos postos de trabalho. A Camacho Engenharia (construção civil), a Jocolor (têxtil), a Hydrustent (equipamento médico), a Ocre & Verde (têxtil) e a Majitex Verín (têxtil) foram as outras empresas a submeterem candidatura a PEIM, em 2021.

 

JF Almeida investe 4,3 milhões

Têxtil em expansão nos últimos anos, com instalações em Moreira de Cónegos e em São Martinho do Conde e um volume de negócios que atingiu os 52 milhões de euros em 2021, a JF Almeida tem um projeto para investir 4,3 milhões de euros, que vai merecer “benefício fiscal aplicável” do município.

Ao abrigo do RPEIM, a Câmara Municipal aprovou, nesta quinta-feira, em reunião de Câmara, a candidatura da empresa a projeto de interesse municipal, com um “benefício fiscal” de 84,6% e a redução das taxas de licenciamento de operações urbanísticas em 50%.

Na reunião, o presidente da Câmara, Domingos Bragança, revelou ainda que a Mesosystem, empresa de cosméticos sediada em Vila Nova de Gaia, vai ocupar o Spinpark, um dos edifícios do Avepark, em Barco.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: Guimarães em Debate #32