skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Sofia Escobar na Penha, Zé Amaro e Fernando Daniel nas Gualterianas

Bruno José Ferreira
Cultura \ terça-feira, junho 11, 2024
© Direitos reservados
Município apresentou programação de verão, com 33 eventos a multiplicarem-se pela cidade, vilas e freguesias em vários formatos. Paulo Lopes Silva promete “verão como há muito não se via”.

Festas populares, festivais, cinema, circo, música, museus, 33 eventos, que se multiplicam em centenas de atividades, com epicentro no Toural – onde decorrerão vários espetáculos – e desdobramento às vilas, às freguesias e à montanha da Penha.

Paulo Lopes Silva apresentou esta terça-feira a programação de verão do município de Guimarães, numa mescla de várias iniciativas já amadurecidas no cartaz cultural vimaranense, que se compilam com algumas novidades.

“Um programa conjunto do qual fazem partes diversas entidades”, dá conta o vereador, prometendo “um verão como não há memória no que à qualidade e diversidade diz respeito” com oferta para “diferentes públicos”.

Uma das novidades é o concerto de Sofia Escobar na Penha, com a Orquestra de Guimarães, sendo que será celebrado um ano de elevação da Zona de Couros a Património Mundial, a culminar com um concerto dos The Gift no Toural.

O Toural será uma espécie de sala de espetáculos, uma vez que vai acolher várias iniciativas, recebendo o palco principal das Festas da Cidade e Gualterianas. O vimaranense Zé Amaro foi um dos nomes anunciados, assim como o do cabeça de cartaz Fernando Daniel, faltando ainda revelar o terceiro momento musical da principal celebração vimaranense.

Um “cartaz de grande ambição do município, a corresponder a uma ambição coletiva dos vimaranenses”, com um “reforço de verba” na cultura nesta área, deu conta Paulo Lopes Silva. Domingos Bragança sublinhou a “articulação com a cidade, com os locais turísticos de Guimarães, as vilas do concelho, e com as associações” de forma a dar resposta aos anseios da população.

De resto, o presidente da Câmara Municipal de Guimarães desafiou a criação cultural em espaço público, “para que as pessoas possam fruir na cidade” com animação. “Temos de surpreender com vivências no espaço público, através das escolas de teatro, música, artes performativas”, terminou.   

Programação O VERÃO EM GUIMARÃES nesta ligação.  

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73