skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
25 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Teleférico até às 20h30: Irmandade da Penha entrega petição na Câmara

Bruno José Ferreira
Sociedade \ quarta-feira, julho 19, 2023
© Direitos reservados
Juiz da Irmandade, Roriz Mendes, frisou, no domingo, que "o teleférico é do povo e já foi pago duas vezes". Em duas horas, 250 pessoas assinaram a petição dirigida a Domingos Bragança.

A Irmandade de Nossa Senhora do Carmo da Penha entregou esta quarta-feira uma petição na Câmara Municipal de Guimarães, apelando a que o Teleférico da Penha possa funcionar até às 20h30 no período de verão.

O documento, com 250 assinaturas recolhidas na tarde domingo em sensivelmente duas horas em mais uma iniciativa ‘O Verão é na Penha’, é dirigido ao presidente do município, Domingos Bragança, conforme se pode ler no documento.

“Petição ao Sr. Presidente da Câmara, Domingos Bragança para que o teleférico da Penha funcione no Verão, nos meses de Julho, Agosto e Setembro, até às 20h30. Este horário beneficia a empresa do teleférico, os utentes (residentes em Guimarães), visitantes/turistas (nacionais e estrangeiros), as famílias e a cultura e a economia da Centenária Estância turística da Penha”.

No domingo, dia em que decorreu a procissão em honra de Nossa Senhora do Carmo, Roriz Mendes usou da palavra durante o evento festivo que decorria na Montanha da Penha, apelando à assinatura da petição.

“O teleférico é do povo e já foi pago duas vezes”, disse, acrescentando que a população quer visitar a Penha sem estar preocupada pelo facto de a última viagem do teleférico ser às 18h15.

“Santa Clara não nos deixa fazer melhor”, atirou Roriz Mendes, juiz da Irmandade, dizendo ainda que em causa estará “um conflito laboral” na Turipenha, que põe em causa o alargamento do período de funcionamento do teleférico.

Veja também o destaque da última edição do Jornal de Guimarães, no qual são abordadas estas e outras temáticas: Montanha da Penha: O miradouro de Guimarães que clama horizontes

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73