skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
24 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Toni do Penha libertado domingo: esgotado o período de prisão preventiva

Redação
Sociedade \ quarta-feira, julho 12, 2023
© Direitos reservados
Arguido no processo referente à morte de Fenando 'Conde', Toni do Penha será libertado, mas fica obrigado a apresentar-se diariamente no posto policial da sua área de residência.

António Silva, mais conhecido como Toni do Penha, será libertado no próximo domingo – dia 16 de julho – dia em que se esgota a medida de coação de prisão preventiva imposta pelo Juízo Central do Tribunal de Guimarães no âmbito da morte de Fenando Ferreira (Conde).

Recorde-se que há dois anos, precisamente no dia 16 de julho de 2021, foi aplicada esta medida de coação devido aos “fortes indícios da prática, além do mais, do crime de homicídio qualificado”, segundo consta no despacho a que o Jornal de Guimarães teve acesso.

Entretanto esta medida foi revista e mantida, devido aos “perigos de fuga, de perturbação da ordem e tranquilidade pública e de continuação da atividade criminosa”, pelo que Toni do Penha continuou preso.

Atingindo-se o prazo máximo de dois anos de prisão preventiva, sem que tenha havido condenação com trânsito em julgado, o arguido será libertado domingo.

Ainda assim, segundo o despacho, Toni do Penha fica obrigado a apresentar-se diariamente no posto policial da sua área de residência.

Toni do Penha foi constituído arguido no processo referente à morte de Fernando Conde, seu amigo, num caso mediático. Fernando Conde esteve desaparecido catorze dias antes de aparecer sem vida no rio Ave, em Barco.  

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73