skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Toural é palco de manifestação pela habitação este sábado

Redação
Sociedade \ sábado, setembro 30, 2023
© Direitos reservados
Convocada pela Plataforma Artigo 65.º, a iniciativa está marcada para as 15h00, em linha com outras 19 cidades portuguesas. Vive-se “a maior crise habitacional em Portugal”, realça o movimento.

A população é convidada a reunir-se no Toural este sábado à tarde para se manifestar pelo direito à habitação. Convocada pela Plataforma Artigo 65.º, precisamente intitulada em nome do artigo que prevê o direito à habitação na Constituição da República Portuguesa, a manifestação “Casa para viver” está agendada para as 15h00, reunindo associações de moradores e movimentos cívicos.

A Associação de Moradores do Bairro de São Gonçalo, a Associação de Moradores da Emboladoura e a Associação de Moradores da Zona Urbana da Conceição juntam-se a movimentos como o Guimarães LGBTQIA+, o 8M Guimarães, o XR Guimarães e o Núcleo Antifascista de Guimarães.

A iniciativa está em linha com as manifestações previstas para outras 19 cidades de Portugal. Segundo as plataformas Casa para Viver e Their Time to Pay, responsáveis pela manifestação em Lisboa, a habitação é “uma emergência nacional que exige soluções urgentes”, num tempo em que se verifica “um aumento generalizado dos preços da energia, da alimentação, dos produtos essenciais”.

As plataformas exigem, por exemplo, o fim dos despejos, das desocupações e das demolições sem alternativa de habitação digna que preserve o agregado familiar na sua área de residência, a baixa das rendas e a fixação de valores, indexando-as aos rendimentos dos agregados familiares para nunca excederem os 20% dos seus rendimentos, garantir a renovação dos contratos em vigor, o controlo dos preços em setores essenciais e baixar as prestações dos créditos à habitação.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73