skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
03 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Uma viagem ao Portugal profundo para começar um mês de filmes no Cineclube

Redação
Cultura \ quinta-feira, outubro 06, 2022
© Direitos reservados
Programação deste mês vai para sala já esta quinta-feira. Restos do Vento, de Tiago Guedes, passa hoje no CCVF. Mês de mostras acaba com Men, de Alex Garland.

O mais recente filme de Tiago Guedes (A Herdade, Tristeza e Alegria na Vida das Girafas) abre esta noite, às 21h15, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor, a programação de outubro do Cineclube de Guimarães. Exibido no Festival de Cannes, Restos do Vento tem como cenário uma remota aldeia rural portuguesa e um ritual semipagão que correu mal deixou marcas num grupo de adolescentes. 

A película venceu o prémio de Melhor Filme no Festival de Lucca. O júri salientou a “elegância da realização”, a fotografia “evocativa, potente”, o eficaz testemunho da “essência espiritual do mal que, como um sopro do vento, parafraseando o título do filme, nos toca para nos tornar seus escravos”. E ainda “pela figura poética de Laureano, um rejeitado, um bom selvagem como tantos em tantos lados do mundo, e, por fim, pelo tema da violência, infelizmente sempre atual na nossa sociedade”.

Segue-se, no domingo, uma outra viagem, desta vez a um vilarejo remoto no deserto, pela lente de Nadav Lapid. O filme foi vencedor do Prémio do Júri no festival de Cannes 2021.

A sessão do Shortcutz deste mês está marcada para dia 26 de outubro.

Eis as restantes mostras:

11 outubro | Fellini: O Grande Mentiroso

Fellini: Je Suis Um Grand Menteur, de Damian Pettigrew
2002 | M/12 | 115 min.

Importante documentário sobre a vida e obra deste grande realizador italiano com entrevistas a ele próprio e a vários actores e escritores que com ele trabalharam como Donald Sutherland, Roberto Benigni e o escritor Ítalo Calvino. Federico Fellini fala-nos da sua infância, da sua cidade, do seu princípio como realizador e de como ele vê a vida e o cinema. Como ele nos diz: “Não são mais verdadeiras as coisas que aconteceram do que as que eu inventei. Em suma: sou um grande mentiroso”.


13 outubro | Mulher de um Espião

Supai no Tsuma, de Kiyoshi Kurosawa
Com Yu Aoi, Issey Takahashi, Masahiro Higashide
2020 | M/12 min. | 114 min.

Kobe,1940. Na noite que antecede o início da Segunda Guerra Mundial, o comerciante Yusaku Fukuhara sente que se avizinha um futuro perturbador. Deixa a mulher Satoko e viaja para a Manchúria, onde será testemunha de um acto bárbaro que pretende denunciar. Entretanto, Satoko é procurada por um polícia, amigo de infância, que lhe conta que uma mulher, que o marido trouxe da Manchúria, morreu. Satoko, dilacerada pelo ciúme, confronta o marido. Mas quando descobre as verdadeiras intenções de Yusaku, faz o impossível para garantir a sua segurança e felicidade. Leão de Prata para a melhor realização no Festival de Veneza 2020.


15 outubro| Buzz Lightyear

De Angus MacLane
2022 | M/6 | 105 min.

“Buzz Lightyear” acompanha o Ranger do Espaço, após ter sido abandonado num planeta hostil a 4,2 milhões de anos-luz da Terra, com o seu comandante e restante tripulação. Enquanto Buzz tenta descobrir uma forma de regressarem a casa, através do espaço e do tempo, recebem a companhia de um ambicioso grupo de recrutas e respetivo animal de companhia, um gato robot chamado Sox. Para complicar as coisas e ameaçar a missão, também aparece o enigmático Zurg com um exército de robots implacáveis e intenções misteriosas.


16 outubro | Alcarràs

De Carla Simón
Com María Zamora, Stefan Schmitz, Sergi Moreno, Giovanni Pompili
2022 | M/12 | 100 min.

Desde que se lembram, a família Solé passa todos os verões a apanhar pêssegos no seu pomar em Alcarràs, uma pequena aldeia na Catalunha. Mas a colheita deste ano pode ser a última, pois enfrentam uma ameaça de despejo. Os novos planos para o terreno, que incluem o corte dos pessegueiros e a instalação de painéis solares, provocam uma brecha nesta grande família unida. Pela primeira vez, enfrentam um futuro incerto e arriscam-se a perder mais do que apenas o pomar.

30 outubro | Men

De Alex Garland

Segue a história da jovem Harper (Jessie Buckley) assombrada por uma perda súbita que se refugia num chalé isolado em busca de alguma paz interior, na exuberante natureza campestre. Mas quando os fantasmas do seu passado erguem os seus muitos rostos, o seu tranquilo retiro transforma-se num inferno, sendo obrigada a lutar contra um mal tóxico tão antigo quanto a própria natureza.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38