skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 janeiro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

UMinho: Rui Vieira de Castro toma posse e alerta para "subfinanciamento"

Redação
Educação \ segunda-feira, novembro 29, 2021
© Direitos reservados
Reitor toma posse para o segundo mandato e lançou pistas para a celebração dos 50 anos de instituição, a acontecer em 2023/2024.

O reitor da Universidade do Minho (UMinho), Rui Vieira de Castro, tomou posse para o segundo mandato e deixou críticas ao "subfinanciamento" que assola as instituições de ensino superior, "particularmente" a a academia minhota, apontou.

Rui Vieira de Castro salientou que a UMinho "deveria ter um financiamento pelo menos superior em 10 milhões de euros" vindo do Orçamento do Estado. A questão financeira ocupou parte de um discurso que prometeu um "quadriénio fortemente comprometido" com os desígnios da instituição minhota. "As universidades nem sempre são apoiadas com a intensidade necessária", reiterou.

No segundo mandato de Rui Vieira de Castro à frente da UMinho haverá também comemorações dos 50 anos da instituição em 2023/2024. A realização de um programa de comemorações "que valorize uma reflexão sobre as universidades" está nos planos e o reitor espera mobilização estudantil.

Num discurso marcado pelas preocupações com o futuro -- a crise pandémica, desigualdades e pobreza foram mencionadas -- e na "longa historia de acumulação filtragem de conhecimento" nas universidades, Rui Vieira de Castro destacou, entre outros projetos, a Garagem Avenida e o Teatro Jordão. "De olhos postos no futuro, sem ignorar a história da universidade e as suas circunstâncias", vincou.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: A Alma dos Negócios #8 - Albano Miguel Fernandes - AMF Safety Shoes