skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Vai-m’à Banda: a 26 de agosto volta a haver música nas tascas de Guimarães

Redação
Cultura \ terça-feira, agosto 01, 2023
© Direitos reservados
Cinco tascas emblemáticas; seis momentos musicais. Dia 26 realiza-se a sexta edição do Vai-m’à Banda com Club Makumba, Femme Falafel, Branco toca Marco Paulo, ALGUMACENA, Catarina Branco e Tiago.

O ruído dos talheres e as falas das pessoas voltam a ser substituídos, dia 26 de agosto, pela música. As tascas vimaranenses, cinco locais icónicos da cidade como a Tasca Expresso, Adega do Ermitão, Amigos da Penha, Tio Júlio e Taberna do Trovador recebem a sexta edição do Vai-m’à Banda.

Cinco tabernas reconhecidas do mapa vimaranense recebem nomes como Club Makumba, Femme Falafel, Branco toca Marco Paulo, ALGUMACENA, Catarina Branco e Tiago num evento cultural que conjuga a comunidade e o património com a música. E, claro, o que de melhor se petisca em Guimarães.

O evento é gratuito, e serão distribuídas, a partir das 15h na Tasca Expresso, um número limitado de pulseiras que dão acesso ao teleférico entre Guimarães e a Montanha da Penha a um preço reduzido de 1,50€. O regresso à cidade deve ser feito antes das 20h, hora de encerramento do teleférico.

Catarina Branco abre o Vai-m’à Banda e traz consigo Vida Plena, o seu primeiro disco em nome próprio. Já a vimos em bandas e a colaborar com nomes como Luís Severo e Chica, ou até no Grupo Coral Popular do Hospital das Caldas da Rainha.

ALGUMACENA sobe à Penha, e é o resultado da vontade de Ricardo Martins e Alex D’Alva Teixeira de se juntarem num projeto de total liberdade criativa, onde exploram territórios sónicos diversos, guiados pelas infindáveis coordenadas do universo do rock e de todas as suas permutações.

Branco toca Marco Paulo é a mais recente aventura do guitarrista Pedro Branco, onde reinterpreta a vasta obra artística do famoso cantor português Marco Paulo, juntando duas linguagens musicais bastante distintas no seu propósito e estética.

Femme Falafel é Raquel Pimpão - uma apaixonada por disco, hip-hop, salsa e pastéis de nata, que usa o piano, a voz, e o logic para arrancar as amarguras mais profundas debaixo dos glaciares da consciência. No Vai-m’à Banda terá Francisco Santos na bateria, Tiago Martins no baixo e Lana Gasparotti nas teclas.

Club Makumba nasce da união entre Tó Trips, João Doce, Gonçalo Prazeres e Gonçalo Leonardo, para um exercício musical livre, espontâneo, experimental e tribalista. Abrindo a janela para uma viagem pelas sonoridades do Mediterrâneo e pela África imaginada, hasteiam uma bandeira de resistência livre de qualquer preconceito ou fronteira geográfica ou estilística.

Tiago é natural de Guimarães e encerrará as festividades da 6ª edição do Vai-m’à Banda no Largo do Trovador. Dando espaço para os seus quase vinte anos de experiências nas pistas de dança, traz uma intensidade descontraída que se reflete na natureza expansiva e inquisitiva dos seus sets.

O Vai-m’à Banda é um evento organizado pela Revolve em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73