skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Vimaranense Rui Lemos mostra arte para a cozinha e vence MasterChef

Redação
Cultura \ sábado, fevereiro 17, 2024
© Direitos reservados
Com uma cozinha experimental e que, ao mesmo tempo, procurou refletir a cultura e a memória de Guimarães, do Vale do Ave e do Minho, o artista de 33 anos venceu o concurso da RTP 1.

Artista com presença em vários projetos musicais vimaranenses – Paraguaii, Dada Garbeck ou a editora Discos de Platão -, Rui Lemos também mostrou sensibilidade para a cozinha e venceu a sétima edição do MasterChef, cuja final foi transmitida este sábado pela RTP 1. O vimaranense acabou por ser escolhido pelos chefs Noélia Jerónimo, Diogo Rocha e Miguel Rocha Vieira numa final com Bruna Simões, concorrente de 27 anos, de Torres Novas. Os finalistas foram muito elogiados pelos jurados pela criatividade e inovação, numa final que classificaram de “fora de série”.

O artista de 33 anos conjugou os dotes para a culinária com o seu trabalho artístico num menu que procurou retratar várias facetas de Guimarães, do Vale do Ave e do Minho sem esquecer a atração pelo Japão.

Rui Lemos, também conhecido como Rui Souza, apresentou, como entrada, barriga de atum, com caldo de dashi e salada de algas, antes de, no prato principal, explorar uma das raças bovinas que sobressai na região: a carne da cachena com um mil folhas de aipo, com pedaços de sarrabulho a evocar a terra escura do Minho, a mais fértil, cogumelos e broa de milho a acompanhar.

Na sobremesa, o concorrente de Guimarães entrelaçou a culinária e a música, ao apresentar sopas secas com mousse de bagaço e coullis de frutos vermelhos, na companhia de um cântico evocativo da rotina dos lavradores minhotos e um bagaço a arder, para evocar um episódio em que um dos rios do Vale do Ave esteve em chamas face à poluição química das águas.

O feito permite a Rui Lemos ir estudar para San Sebastián, no País Basco.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73