skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
24 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Vítor Macedo continua ao leme do Vitória: “Acordo surgiu de forma natural”

Redação
Desporto \ sábado, agosto 05, 2023
© Direitos reservados
Ligado ao polo aquático vitoriano desde a sua criação, o técnico quer continuar “a fazer história, vencer títulos, formar atletas e dar uma boa imagem do polo aquático português”.

Treinador do Vitória em três dos quatro campeonatos conquistados desde a época 2018/19, Vítor Macedo vai continuar a liderar a equipa preta e branca em 2023/24. Ligado ao polo aquático vitoriano desde a sua origem, em 2003, o timoneiro realça que a continuidade foi acertada com naturalidade. “A minha ligação ao polo aquático do Vitória tem 20 anos, tantos como a secção. A partir daí, havendo vontade por parte da estrutura de contar comigo e da minha parte em continuar, o acordo surgiu de forma natural”, disse, citado pelo emblema vitoriano.

Apesar dos vários títulos conquistados e das duas presenças nas fases preliminares da Liga dos Campeões, Vítor Macedo apenas contempla o futuro na hora de partir para mais uma temporada ao leme de quem usa a touca preta e branca. “Todas as vitórias, títulos e até a história que fizemos na Europa na época que findou estão no passado e agora temos de olhar para o presente e também para o futuro. O legado que pretendemos deixar e que queremos que perdure de forma sustentada, é continuar a fazer história, vencer títulos, formar atletas e com isto dar alegrias aos vitorianos e uma boa imagem do polo aquático português”, disse.

O técnico perspetiva, contudo, “uma época extremamente desafiadora”, porque “o mais difícil não é chegar ao topo”, mas lá permanecer. “Quando se tem sucesso de uma forma consistente como temos tido, carregamos um alvo às costas e ocupamos o lugar que toda a gente almeja. Mas nós cá estaremos para dar a melhor resposta possível e os nossos objetivos passam novamente por tentar vencer todos os títulos nacionais em disputa e continuar a amealhar experiência e competitividade nas competições europeias”, vincou.

Motivado para mais uma temporada no emblema de Guimarães, até pela paixão que nutre pela modalidade, o treinador agradece também o “apoio familiar incondicional” para prosseguir a carreira. “Dada a exigência que estar envolvido num projeto destes acarreta, é necessário um apoio familiar incondicional, algo que felizmente tenho tido e que continuo a contar para poder enfrentar mais uma época desafiadora”, frisa.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73