skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Viver, visitar e fazer negócios: Guimarães cai três lugares neste estudo

Pedro C. Esteves
Economia \ quarta-feira, junho 08, 2022
© Direitos reservados
O concelho vimaranense desce um lugar na lista de municípios onde se vive melhor (19.º). A par de Porto, Braga, Gaia e Matosinhos integra o top-5 do ranking das cidades a norte.

Guimarães voltou a ficar fora do top-10 dos melhores municípios para viver, visitar e fazer negócios de acordo com o 'ranking' anual da consultora Bloom Consulting. O município cai mesmo três posições a nível nacional e é 17.º neste ranking que avalia o desempenho socioeconómico dos 308 municípios portugueses quanto à captação de novos investidores, turistas e novos residentes, segundo variáveis como dados estatísticos oficiais, procuras e pesquisas 'online' pelos concelhos e o desempenho destes nos seus 'sites' e redes sociais.

Ora, Guimarães não melhora em nenhum indicador em relação ao ano passado e cai mesmo nove lugares na dimensão “visitar” (turismo) -- é a 25.ª classificada. Em nenhum indicador o município integra o top-10. Na lista que inclui os melhores municípios para realizar negócios, aparece na 11.ª posição. O concelho desce um lugar na lista de sítios onde se vive melhor (19.º). A Bloom Consulting usa três variáveis para estabelecer a hierarquia, a primeira prende-se com Dados Estatísticos.

 

Neste capítulo do "Viver", são analisadas variáveis como a taxa de crescimento da população, a taxa de desemprego, a taxa de criminalidade, o poder de compra e o número de estabelecimentos de Ensino Superior por 10 0000 habitantes.

Há cidades do norte de Portugal no top-25 e Guimarães e Braga representam o Quadrilátero. A cidade dos arcebispos é mesmo a 4.ª melhor para viver e a 6.ª para fazer negócios e para visitar. É este indicador mais turístico que prejudica Barcelos e Famalicão. Se o município barcelense está em 28.º no ranking global, é apenas 60.ª na métrica "visitar"; já os famalicenses são o 31.º melhor município do país.

 

 

O Top 5 da região Norte mantêm-se inalterado com Porto, Braga, Vila Nova de Gaia, Guimarães e Matosinhos a resistirem às subidas e descidas que se fizeram sentir por toda a região em que apenas 16 em 86 municípios mantiveram o mesmo lugar regional que no ranking anterior

Todas as regiões apresentaram “variações positivas no que diz respeito às pesquisas proativas por parte de estudantes, trabalhadores, turistas, investidores e cidadãos de todo o mundo”, diz o documento composto pela Bloom Consulting. Natureza, parques, aventura e ar livre foram os temas que registaram maior subida nas pesquisas através da internet.

O “Portugal City Brand Ranking” é divulgado desde 2014, mas foi interrompido em 2020 por causa da pandemia.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38