skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Voleibol: Vitória morre na praia após recuperação em mar bravio

Redação
Desporto \ sábado, novembro 04, 2023
© Direitos reservados
A perder por 2-0, a equipa masculina do Vitória levou o duelo com o Leixões para o quinto e decisivo set, em que esteve na frente, mas viria a perder, na abertura da jornada sete da Liga Una Seguros.

A capacidade de reação do Vitória SC foi evidente, perante o arranque que o deixou em situação desfavorável, mas foi insuficiente para selar a reviravolta e manter a invencibilidade neste arranque de temporada, na Liga Una Seguros. A equipa de Guimarães perdeu por 3-2 com o Leixões, na abertura da jornada sete do principal campeonato masculino de voleibol, com parciais de 25-27, 17-25, 26-24, 25-19 e 11-15.

Num Pavilhão Desportivo Unidade Vimaranense bem composto, o equilíbrio pautou a maioria dos sets, com reviravoltas na ponta final. Assim aconteceu no primeiro set, com as duas equipas taco a taco no marcador até o Vitória se chegar à frente com a marca de 23-21. A turma de Matosinhos teve, porém, fôlego para inverter o rumo dos acontecimentos e virar o set a seu favor. As equipas repuseram o equilíbrio no segundo set, mas só até à igualdade a 14 pontos. A partir daí, só deu Leixões: num ápice, construiu uma vantagem de oito pontos com que venceu o segundo parcial.

Os comandados de Nuno Pereira ombreavam com o adversário em muitas fases, mas os pontuais momentos de desnorte pareciam deitar tudo a perder. A derrota pela margem máxima foi mesmo um cenário provável, quando os matosinhenses cinco pontos seguidos e esteve a vencer por 23-21. Nesse momento, todavia, o Vitória retribuiu ao Leixões o que lhe fizera no primeiro set e manteve-se em jogo.

O embalo dessa reação prolongou-se por todo o quarto set, o mais desequilibrado de todo o desafio. O Vitória adiantou-se cedo, vencia por 12-7 a meio do parcial, chegou depois aos 16-8 e geriu a folga até encerrar o parcial. Estava garantido o quinto e decisivo set. O equilíbrio voltou: as equipas andaram lado no marcador até ao Vitória fazer o 11-10. Tudo mudou, de repente: o Leixões somou cinco pontos seguidos e arrecadou os dois pontos. O esforço vitoriano para reagir à adversidade e manter a invencibilidade ruía num ápice.

Ainda assim, a equipa de Nuno Pereira garantiu um ponto e é segunda classificada com 16. Na próxima jornada, o Vitória desloca-se ao pavilhão do CV Oeiras, 13.º e penúltimo classificado.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73