skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Amtrol-Alfa: centenas de trabalhadores reivindicam "aumento salarial digno”

Bruno José Ferreira
Economia \ sexta-feira, maio 14, 2021
© Direitos reservados
Ação de protesto esta sexta-feira junto às instalações da empresa. Centenas de trabalhadores concentraram-se e chegaram a bloquear a estrada.

Um grupo alargado de trabalhadores da Amtrol-Alfa, empresa sediada em Brito que produz botijas de gás, sendo uma das maiores do mundo nesta área, realizou uma ação de protesto junto às instalações da empresa.

Na origem deste protesto está a reivindicação de aumentos salarias considerados dignos, segundo explicou ao Jornal de Guimarães Joaquim Costa, dirigente da CGTP que esteve no local.

“A empresa decidiu administrativamente dar aumentos salariais, que em média rondam os dez a doze euros, os trabalhadores consideram esse valor insuficiente”, frisou o dirigente sindical ao nosso jornal, acrescentando que os trabalhadores tentaram o diálogo com a administração da empresa.

Joaquim Costa acreditam que estiveram “centenas de trabalhadores” nesta jornada de protesto, “uma grande adesão” que se concentrou na Estrada Nacional 206, entoando as suas reivindicações num cortejo que referiu a referida estrada.

O número de pessoas em protesto obrigou mesmo à presença da GNR, sendo que a estrada chegou a ser bloqueada. Joaquim Costa revela que os trabalhadores estão na disposição de realizar mais jornadas de luta como a que ocorreu esta sexta-feira.

“O primeiro passo foi dado hoje com concentração à porta da empresa. Na continuação da ausência de resposta por parte da empresa, no próximo dia 2 de junho estarão novamente em luta em frente à porta “, assegurou.

Contactada pelo Jornal de Guimarães, a Amtrol-Alfa recusou-se a fazer comentário acerca da manifestação.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: