skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Apoios à formação desportiva sobem 100 mil euros entre aumentos e novidades

Tiago Mendes Dias
Desporto \ quinta-feira, abril 04, 2024
© Direitos reservados
Câmara Municipal entrega 622.500 euros a 53 instituições, com Gonça, Gémeos, PAJEG e Associação de Pais de Deserto como novidades. Guimagym, Clube de Ténis de Guimarães e AJKP com maiores subidas.

O financiamento da Câmara Municipal de Guimarães à formação desportiva ascende, na época 2023/24, aos 622.500 euros, repartindo-se por 50 apoios resultantes das candidaturas efetuadas até 31 de outubro de 2023 e por três subsídios extraordinários. Esse valor constitui um aumento de 20,4% face a 2022/23, quando a autarquia distribuiu 517.250 euros em apoios à formação, votados e aprovados na reunião de Câmara de 23 de março de 2023.

Uma das razões para essa subida, a ser discutida e votada na reunião de Câmara de segunda-feira, 08 de abril, é o aparecimento de quatro novas instituições na lista: o Grupo Desportivo de Gémeos, com 7.500 euros, o Atlético Clube de Gonça, com 5.000 euros, a Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica do 1º Ciclo e Pré-Escola de Deserto, em Santo Tirso de Prazins, com outros 5.000, e a PAJEG – Associação Desportiva de Gondar, alvo de um dos subsídios extraordinários, também no valor de 5.000 euros.

A progressão nos apoios resulta também dos aumentos entregues a alguns dos clubes vimaranenses já abrangidos na época 2022/23: o Guimagym, ao passar de 20 mil para 35 mil euros, e o Clube de Ténis de Guimarães, ao passar de cinco mil para 20 mil, são contemplados com as maiores subidas absolutas, de 20 para 35 mil euros, seguido pela Associação Juvenil Karaté Portugal, de 10 para 20 mil euros, e pela Associação PA Jiu Jitsu, cujo verba aumenta de 750 para 10 mil euros.

A KTF viu o apoio subir de seis para 15 mil euros, e o Unidos do Cano, outros dos contemplados com subsídio extraordinário, viu o apoio de 2.000 euros em 2022/23 subir para 10.000 em 2023/24. Já o Sandinenses e o Brito foram contemplados com um acréscimo de 7.500 euros (12.500 para 20 mil), assim como o Salgueiral (7.500 para 15.000), GD São Cristóvão (2.500 para 10 mil). As subidas do GD Santo Estêvão e do Clube de Ténis das Taipas, de 1.000 para 7.500 euros, também sobressaem numa lista encabeçada pelo Vitória SC, com 120 mil euros, o mesmo valor da temporada anterior.

O Moreirense FC e o CD Xico Andebol também mantêm a verba recebida na época passada (20 mil euros cada um), aparecendo em paridade com o Clube de Ténis de Guimarães, com a AJKP, o Brito, o Sandinenses e os Amigos de Urgeses, cuja verba subiu de 15 mil para 10 mil euros.

Entre os emblemas com 15 mil euros, o CART e o Desportivo de Ronfe mantêm os apoios de 2022/23, com a companhia do Salgueiral, da KTF, do Ponte, do Pevidém, do CC Taipas e do Águias Negras de Tabuadelo, instituições cujo valor subiu.

Entre os subsídios extraordinários, o GRUFC arrecadou a maior quantia, 15 mil euros, equivalente ao apoio à formação desportiva que recebeu na época transata. Na nota de agenda da reunião de 08 de abril, na qual os apoios serão votados, a autarquia justifica esse apoio com o facto de ser o único clube em Guimarães a praticar râguebi.

“No caso específico do Guimarães Rugby Union Football Club embora tenha apresentado candidatura no âmbito do Regulamento atempadamente é importante realçar que, neste momento, é o único clube no concelho de Guimarães a praticar aquela modalidade e por esse motivo considera-se relevante apoiar extraordinariamente o clube para a promoção da prática desportiva e desenvolvimento das suas atividades”, lê-se.

A 31 de outubro de 2023, havia 146 clubes inscritos no Registo Municipal das Associações Desportivas (RMADG), “requisito indispensável para a apresentação dos pedidos de apoio ao financiamento municipal”, informa a mesma nota.

Em 23 de março de 2023, a Câmara votou os apoios à formação e a eventos desportivos, num valor que, somado, ascendeu aos 754.500 euros. Na reunião de 08 de abril, a agenda da reunião de Câmara indica somente apoios à formação desportiva.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73