skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Bombeiros de Guimarães batem recorde de socorros: quase 13 mil em 2023

Redação
Sociedade \ sexta-feira, janeiro 12, 2024
© Direitos reservados
Quase mais mil socorros do que em 2022 dão "orgulho", mas também "responsabilidade" aos Bombeiros de Guimarães, que "não são imunes aos custos associados e às dificuldades financeiras".

Os Bombeiros Voluntários de Guimarães voltaram em 2023 a bater o recorde de serviços de socorro prestados à população, acentuando a tendência crescente dos últimos anos. No total foram 12874 socorros, o que se traduz num aumento de quase um milhar comparativamente com o ano transato.  

Estes números mostram que em média os Bombeiros de Guimarães tiveram 35 situações diárias de socorro, suplantando as ocorrências registadas nos anos da pandemia. 

“Colocamos sempre os nossos meios ao dispor dos sócios e de toda a população, desde a emergência a acidentes, combate a incêndios, transporte de doentes, auxílio em cheias e outras ocorrências. Os vimaranenses podem estar seguros da nossa ação e proteção em todos os momentos”, dá conta, em comunicado, o comandante Bento Marques.

O presidente da instituição, olha para estes dados com um misto de “orgulho” e também e “acrescidas responsabilidades”, lembrando que mais serviços, mais socorros, são sinónimo de maiores custos e de mobilização de mais meios, lembrando que a corporação “não é imune aos custos associados e às dificuldades financeiras”.

“Temos vindo a adaptar e a reforçar a nossa estrutura com o juramento da bandeira de 16 novos bombeiros, em 2023, sendo que temos, neste momento, mais 12 em formação. Também reforçámos o parque automóvel com mais uma ambulância. Contudo, este número de serviços testa, diariamente, a nossa operacionalidade, pelo que precisamos do apoio generoso da comunidade para conseguirmos continuar a reforçar a nossa operacionalidade”, aponta João Pedro Castro.

“A instituição está sempre muito grata a todos quantos nos apoiam, mas precisa sempre que cada vez mais vimaranenses se façam sócios dos Bombeiros de Guimarães, de forma a garantirmos uma fonte de receita mais permanente e equilibrada. Estou certo que todos entendem a necessidade de todos darmos o nosso generoso contributo a esta nobre causa dos bombeiros”, conclui.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73