skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Campanha de Pedro Nuno Santos reúne 1.500 socialistas no Multiusos

Redação
Política \ segunda-feira, dezembro 11, 2023
© Direitos reservados
Além do candidato à liderança nacional do PS, discursaram Domingos Bragança, Ricardo Costa, o presidente da Distrital de Braga, Frederico Castro, e também Alberto Martins.

A liderança do PS decide-se em 16 de dezembro, e a campanha de Pedro Nuno Santos passou, no domingo, pelo Multiusos de Guimarães, para um almoço que reuniu 1.500 militantes e simpatizantes do distrito de Braga.

O candidato a Secretário-Geral do PS e antigo ministro das Infraestruturas e Habitação vincou que a governação do PS gerou resultados positivos e transformadores para o país, garantindo a melhoria dos rendimentos das famílias e das empresas, sem se comprometer as metas orçamentais.

O político de São João da Madeira considerou igualmente que a Câmara Municipal de Guimarães, governada por um executivo com maioria socialista há 34 anos, e a Comissão Política Concelhia do PS são exemplos para o partido a nível nacional.

A sessão contou ainda com os discursos do presidente da Câmara de Guimarães, do presidente da Comissão Política Concelhia do PS, da presidente do departamento das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos de Guimarães, do presidente da Federação Distrital de Braga e de Alberto Martins, vimaranense envolvido nas lutas estudantis de 1969 que viria mais tarde a integrar governos socialistas. O antigo ministro da Administração Interna e da Justiça realçou que “não podia deixar de estar no lado esquerdo da história, no caminho da liberdade que Pedro Nuno Santos representa”.

Já o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, descreveu Pedro Nuno Santos como um político “que ouve, que escuta, que decide e que faz”, tendo enaltecido a forte mobilização dos socialistas vimaranenses a partir da Comissão Política Concelhia e do seu presidente, Ricardo Costa, que descreveu o PS como “o partido das multidões, dos portugueses e do país real”. “A ideia de um candidato de muitos socialistas e de poucos portugueses ou de um candidato de muitos portugueses e de poucos socialistas não tem adesão à realidade”, salientou.

A presidente do departamento das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos de Guimarães, Zara Pontes, agradeceu a “presença de tantas e tantos socialistas” numa sessão em que o presidente da Federação Distrital, Frederico Castro, recordou a eleição de Pedro Nuno Santos para Secretário-Geral da Juventude Socialista em 2004, precisamente no Multiusos de Guimarães.

“Foi aqui, há 19 anos, neste local, que foste eleito Secretário-Geral da JS e é a partir daqui que te damos apoio para a tua eleição como Secretário-Geral do PS no próximo fim de semana”, disse.

A eleição do futuro secretário-geral do Partido Socialista, cargo ao qual se candidatam Pedro Nuno Santos, José Luís Carneiro, ministro da Administração Interna ainda em exercício, e Daniel Adrião, realiza-se no sábado, com a votação, em Guimarães, a decorrer entre as 10h00 e as 18h00, na Escola Secundária Francisco de Holanda.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73