skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
07 outubro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Consultas de planeamento familiar adiadas por falta de espéculos

Bruno José Ferreira
Saúde \ sexta-feira, junho 17, 2022
© Direitos reservados
Rutura de stock nos armazéns centrais leva a que haja falta deste utensílio. ACES do Alto Ave adquiriu espéculos para não comprometer o funcionamento das suas unidades.

Várias Unidades de Saúde Familiar (USF) de Guimarães estão a adiar consultas de planeamento derivado à falta de espéculos, apurou o Jornal de Guimarães. Este utensílio essencial para as consultas está em rutura de stock no armazém central, o que leva a que não chegue às USF.

Perante este cenário, que não se verifica apenas em unidades de saúde familiar de Guimarães, consultas têm sido adiadas, sabe o Jornal de Guimarães, sendo esta uma realidade confirmada por muitas utentes.

O diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Ave (ACES Alto Ave), Novais de Carvalho, refere que a entidade que dirige “adquiriu recentemente espéculos para que não haja problemas de fornecimento às unidades”.

Ao nosso jornal, Novais de Carvalho explicou que “a estrutura do ACES do Alto Ave é muito grande, com muitas unidades e é uma das que mais citologias faz na zona norte”. À atividade normal das citologias está a funcionar também o rastreio do cólon do útero, o que leva a que neste momento se verifique “um consumo muito grande de espéculos”.

“Os espéculos são fornecidos pelos armazéns centrais e pode haver atrasos. Mas, comprámos recentemente, no ACES, espéculos para dar resposta para não comprometer os trabalhos das unidades. O que pode haver é um problema de comunicação, porque que nos solicita temos enviado espéculos”, dá conta.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #35