skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Há mais homens que mulheres em seis freguesias. E uma mais "casamenteira"

Pedro C. Esteves
Sociedade \ quinta-feira, dezembro 30, 2021
© Direitos reservados
Cinco gráficos para pintar o cenário conjugal do concelho. Que freguesia é casa para mais solteiros? E casados? Freguesias como Infantas, Atães e Rendufe e Arosa e Castelões são alguns protagonistas.

É nas freguesias de Fermentões e Costa onde há mais pessoas solteiras. Já os homens casados estão em maioria em Serzedelo e as mulheres com o mesmo estado civil em Infantas: é, aliás, na freguesia a caminho de Fafe que o rácio de casadas (1.º) e casados (4.º) mais sobressai. Estes são apenas alguns dados retirados do Censos 2021, que permitem perceber melhor o contexto conjugal dos vimaranenses e constatar que apenas um terço das freguesias ganhou população nos últimos dez anos.

 

Em apenas seis localidades o número de homens supera o de mulheres: a maior percentagem (50,7%) regista-se na União de Freguesias de Atães e Rendufe. A União de Freguesias da Cidade concentra, em proporção, a maior percentagem de mulheres (54,1%).

 

Os resultados provisórios dão conta de que Guimarães é casa para 156 849 pessoas – 75 833 homens e 81 016 mulheres –, 64 134 solteiros e 73 708 casados. Em concelhos com mais de 100 mil habitantes (são 24), é o 3.º com mais homens e mulheres casados. A freguesia de Creixomil, por ser a mais populosa do concelho, concentra 5,6% das pessoas casadas. Infantas é um caso curioso: tem 462 homens casados... e 462 mulheres casadas. É líder no matrimónio feminino e está com um pé no pódio do masculino.

 

 

Os divórcios chegam a todo o concelho?

O divórcio bateu à porta de 5,3% dos homens e 6,8% de mulheres. Mas marca poucos matrimónios vimaranenses – quando comparado com a realidade de outros concelhos. Mesmo assim, há 9572 divorciados. E mais mulheres (5531) do que homens (4041) reportam este estado civil. Neste campo, a UF Oliveira, São Paio e São Sebastião apresenta o maior rácio em relação ao total em ambos sexos. E em que localidades há menos divorciados? Em Santa Eufémia de Prazins e Prazins Santo Tirso e Corvite a percentagem de homens divorciados não chega aos 3% em relação ao total; é também nesta última freguesia onde há menos mulheres divorciadas.

A viuvez, estado civil menos representado, escreve-se mais no feminino – assola 2,5% da população masculina e 9,3% da feminina. Em 15 freguesias o rácio de mulheres viúvas em relação ao total da população é superior a 10%. As freguesias do centro da cidade e Arosa e Castelões são os locais mais afetados – os valores chegam aos 14%.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38