skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
22 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Equipa da UMinho ficou em segundo no europeu de Fórmul Student

Redação
Educação \ sábado, agosto 12, 2023
© Direitos reservados
Criada em Guimarães, no Campus de Azurém, a FSUminho ficou Segundo lugar na geral em Castelo Branco, num evento que juntou 26 equipas de sete países diferentes.

Criada em Guimarães, no polo de Azurém da Universidade do Minho, a FSUMinho – equipa universitária que se estreou no europeu de Fórmula Student – conseguiu resultados animadores, três pódios, na sua primeira prova.

Conquistaram o primeiro lugar no plano de negócios, o segundo lugar no design, o quinto lugar nos custos e produção e o segundo lugar global. O evento ocorreu no kartódromo de Castelo Branco e juntou 26 equipas de sete países.

 “Estamos felizes e orgulhosos, a própria organização e várias equipas que participam há anos deram-nos os parabéns”, disse o team leader da FSUMinho, Francisco Forte. A próxima etapa é construir um carro elétrico para participar na classe 1 em 2024.

“As distinções confirmam que vamos no caminho certo e dão uma motivação extra para os próximos desafios”, vinca o aluno Duarte Leitão, do 2º ano de Informática. O grupo está a contactar parceiros para apoiarem nos materiais, ferramentas, espaços de construção e deslocações.

Para o monolugar de 270kg, prevê-se fabricar várias peças, como chassis, eixo, suspensão, bateria e volante, mas componentes complexos como o motor e jantes devem ser adquiridos. A exigência vai aumentar, pois nas provas dinâmicas pontua-se, por exemplo, a aceleração, o autocross, a economia de fuel e a endurance.

A FSUMinho nasceu em 2021, no campus de Azurém (Guimarães), tem a consultoria de professores da Escola de Engenharia da UMinho e, em setembro, quer recrutar novos alunos para o projeto. A equipa tem hoje 35 estudantes de Eletrónica, Mecânica, Informática, Materiais, Gestão Industrial e Sistemas de Informação.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73