skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Rui Borges: “Tirando os últimos 25 minutos, o jogo foi muito bom”

Redação
Desporto \ segunda-feira, agosto 21, 2023
© Direitos reservados
Técnico do Moreirense reconhece que faltou “mais calma com bola” no final, depois de uma primeira parte e de um início de segunda em os seus pupilos foram “claramente superiores”.

A supremacia do Moreirense perante o Famalicão, evidente na maior parte do jogo, esmoreceu nos 25 minutos finais e o seu treinador, Rui Borges, não lamenta o ponto conquistado em reduto alheio, embora considere que a sua equipa merecia a vitória.

“Eu valorizo sempre o ponto porque está caro, mas podíamos ter feito muito mais nos últimos 25 minutos. Tínhamos de ter mais calma com bola. Houve alguns cruzamentos, mas o Famalicão tem uma equipa muito forte no jogo aéreo”, disse após o 0-0 no encontro de encerramento da segunda jornada da Liga Betclic Portugal, esta segunda-feira. “Tirando os últimos 25 minutos, o jogo foi muito bom da nossa parte”, resume.

Depois de uma primeira parte em que os seus jogadores foram “claramente superiores”, impedindo o Famalicão de chegar à sua área, Rui Borges admite que os cónegos caíram um bocado a partir das substituições, perdendo o discernimento; o treinador aponta a eventual “pressão mental” de jogar em superioridade numérica como eventual causa para a quebra de rendimento. “O jogo ao intervalo ficou ainda mais difícil do que na primeira parte. Hoje quem entrou não entrou tão bem, talvez por pressão mental de estarmos a jogar com mais um”, salientou.

O timoneiro contratado ao Mafra confirmou ainda que o estado de saúde de Dinis Pinto está estável, depois de um “grande susto” aos sete minutos, num choque de cabeça com Francisco Moura. “Queríamos dedicar a vitória, mas temos de esperar que recupere rápido. Tem tido um início de época fantástico, é um miúdo que está a crescer, mas o mais importante é saber que está bem”, afirmou.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73