skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Guimarães prepara-se para voltar a celebrar a Procissão das Endoenças

Redação
Cultura \ quarta-feira, março 27, 2024
© Direitos reservados
Também conhecida como a procissão da Cana Verde, a celebração organizada pela Misericórdia de Guimarães sai às ruas na quinta‐feira, numa semana também marcada pela música religiosa.

A cidade voltará a testemunhar, na quinta‐feira à noite, a Procissão das Endoenças. Também conhecido como Procissão da Cana Verde, o evento organizado pela Santa Casa da Misericórdia é uma das manifestações mais reconhecidas da Semana Santa, precedendo o Enterro do Senhor, na Sexta-Feira Santa.

A procissão tem início às 21h15 e percorre algumas das mais emblemáticas igrejas da cidade, como a Igreja da Misericórdia, a Igreja da Nossa Senhora da Oliveira, a Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos, a Igreja de São Francisco, Basílica de São Pedro, a Igreja de São Sebastião e Igreja de São Domingos, antes de retornar ao seu ponto de origem na Igreja da Misericórdia.

A Misericórdia de Guimarães antecipa a participação de dezenas de fiéis nessa demonstração de fé, onde cada “passo dado representa um ato de profunda reflexão e devoção, fortalecendo os laços espirituais e históricos que unem a comunidade de Guimarães há gerações”.

 

Música para elevar o espírito

As procissões que marcam o culminar da Semana Santa em Guimarães realizam-se em simultâneo com o Festival Internacional de Música Religiosa de Guimarães (FIMRG), em curso até sábado, dia em que encerra com a atuação do Coro Vilancico, uma formação a capella da Sociedade Musical de Guimarães, na Igreja de São José do Carmo, às 17h00, e da interpretação de “Cristo no Monte das Oliveiras”, um oratório de 1803 composto por Ludwig van Beethoven, nome maior do romantismo na música clássica europeia, pela Orquestra de Guimarães e o Coro Sinfónico Inês de Castro, às 21h30, na Igreja de São Francisco.

Até lá sobressaem espetáculos como os da Música para Meditação – 17h00 de 27 de março, quarta-feira, na capela do Paço dos Duques de Bragança -, os do coletivo espanhol Música Alquemica com a solista Lina Tur Bonet – 21h30 de 27 de março, em São Francisco –, do Quarteto de Cordas de Guimarães, no Santuário de Nossa Senhora do Carmo da Penha, às 17h00 de quinta-feira, ou da formação catalã La Grande Chapelle – 17h00 de 29 de março, sexta-feira, na Igreja de São Domingos.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: