skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
16 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

GuimarãesGreenWeek. Ministro “celebra o ambiente”: "programa diversificado"

Bruno José Ferreira
Ambiente \ quarta-feira, setembro 06, 2023
© Direitos reservados
Duarte Cordeiro – ministro do ambiente – marca presença na 8.ª edição do Guimarães Green Week, um “momento importante na antecâmara da decisão da Capital Verde 2025”.

Carolina Deslandes, Cifrão, Catarina Furtado. Um espetáculo aéreo com 200 drones, concertos, workshops. O programa é diversificado, contemplando mais de meia centena de iniciativas, estas são os principais atrativos da 8.ª edição do Guimarães Green Week, o evento em que se “celebra o ambiente” em Guimarães.

Esta edição do evento que decorre de forma ininterrupta desde 2016, tem a particularidade de acontecer “na antecâmera que é a decisão sobre a Capital Verde Europeia 2025”, deu conta Carlos Ribeiro, diretor executivo do Laboratório da Paisagem entidade responsável pela organização da iniciativa, em conjunto com o município.

O bosque urbano de Guimarães – Alameda de São Dâmaso – será uma vez o palco da “ação de sensibilização do que tem sido a jornada climática de Guimarães”, que este ano decorre nos dias 15, 16 e 17 deste mês. O ministro do ambiente, Duarte Cordeiro, marcará presença numa mesa redonda moderada por Catarina Furtado, sendo um dos atrativos de um “programa diversificado”.

Mas, há mais: “oficinas, workshops, educação ambiental, momentos de discussão, área para crianças, espetáculos, concertos, palco para palestras, mercadinho de produtos biológicos, mercadinho de segunda mão, mostras de empresas”, entre outros, enumerou Carlos Ribeiro. Cifrão, “uma figura pública conhecida dos jovens” junta-se a Carolina Deslandes com presença confirmada no certame, sendo que no programa conta ainda um “espetáculo disruptivo em que 200 drones levantarão para contar uma história”, havendo ainda espaço para uma Silent Party

“Queremos que Guimarães seja inspirador para os outros”

Preneste na cerimónia de apresentação do Guimarães Green Week, Adelina Pinto – presidente do Laboratório da Paisagem, reforçou que esta é uma iniciativa que “envolve todos”, destacando que Guimarães é e quer continuar a ser “um exemplo para os concelhos vizinhos” no desígnio ambiental.

“Aproveito para sublinhar a importância da Green Week, uma forma de trazermos para a rua uma mostra do que se faz e do conhecimento do que todos os dias fazemos com os cidadãos”, apontou, lembra do que este ano o evento tem ainda maior importância: “estamos a um mês da decisão de sermos Capital Verde Europeia e estamos também com o contrato climático das 100 cidades”, lembrou.

Já Sofia Ferreira, vereadora com o pelouro do ambiente, lembrou a criação do Laboratório da Paisagem como passo pioneiro para que Guimarães se destaque na luta pela sustentabilidade ambiental. “Criar o Laboratório da Paisagem foi um desafio e uma responsabilidade em 2015, quando não havia exemplo de município que tivessem investido numa equipa como a do Laboratório da Paisagem. Volvidos estes anos vemos o resultado desse trabalho e desse investimento”, sublinhou a vereadora.

Capital Verde Europeia 2025: "Acreditamos que temos uma candidatura forte"

Olhando para o Guimarães Green Week como uma forma de “festejar e dar a conhecer o que se faz pelo ambiente”, Sofia Ferreira destacou que o dia 1 de setembro, início do evento, “é a data para submeter o nosso contrato climático”: “Fomos distinguidos pela Comissão Europeia para integrar um grupo de 100 cidades para antecipar para 2030 as metas definidas para 2050”, vincou.

A vereadora lembrou também a candidatura a Capital Verde Europeia, uma “candidatura forte que nos faz acreditar que merecemos ser capital verde europeia faz parte de um trabalho que temos vindo a fazer ao longo dos anos”, crê.

O Guimarães Green Week é aberto a todos e terá lugar nos dias 15, 16 e 17 deste mês na Alameda São Dâmaso.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73