skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
22 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Ministra vinca papel da UMinho na transição digital e compromisso com país

Redação
Ciência & Tecnologia \ domingo, fevereiro 18, 2024
© Direitos reservados
Elvira Fortunato crê que a instituição tem sido “determinante para a afirmação de Portugal no contexto europeu” e louva apostas na supercomputação, área aeroespacial ou biociências.

A encerrar a sessão solene do 50.º aniversário da Universidade do Minho, realizada na manhã de sábado no salão medieval da reitoria, em Braga, a ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou que a instituição tem dado oportunidades a milhares de jovens e, assim, firmado “um compromisso com o país”, rumo ao seu desenvolvimento por si só, mas também a nível europeu.  

“A UMinho tem sido crucial para o desenvolvimento de Portugal na Europa. Destaco o seu papel na transição digital, ao apostar fortemente na supercomputação e na transição energética, ao promover as ciências aeroespaciais e centros de investigação dedicados às biociências”, disse. Algumas destas apostas, recorde-se, estão sediadas em Guimarães, nomeadamente a licenciatura em engenharia aeroespacial ou o supercomputador Deucalion.

Desde 1974, a UMinho tem respeitado a missão que uma universidade deve ter, acrescentou: a de “diversificar, expandir e melhorar oferta formativa, disponibilizando as melhores condições para a produção científica”. E enalteceu o seu contributo para a evolução do sistema académico português.

“A Universidade do Minho continua a ser determinante para a evolução do sistema académico, científico e nacional, bem como para a afirmação de Portugal em termos individuais, mas acima de tudo no contexto europeu”, sublinhou.

 

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73