skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Moeda inovadora produzida em Guimarães: “O Clima” é amiga do ambiente

Redação
Ambiente \ terça-feira, abril 19, 2022
© Direitos reservados
Casa da moeda desenvolveu uma moeda simbólica que apena à proteção do ambiente. Processo de composição teve lugar em Guimarães, no Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da UM.

Na próxima terça-feira, dia 21 de abril, a Imprensa Nacional - Casa da Moeda (INCM) apresenta uma moeda especial, que tem como missão apelar à proteção do ambiente. Com o nome “O Clima”, a moeda é composta por prata, tendo ao centro plástico reciclado de cor amarela, verde ou azul, as cores do ecoponto.

Criação desta moeda simbólica teve na sua conceção o envolvimento do INCM Lab e o Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros (PIEP), interface da Universidade do Minho sediado em Guimarães, no Pólo de Azurém.

“A investigação exigiu encravar um polímero num disco de prata. Os processos de composição e injeção dos discos de plásticos mistos nas moedas decorreram no PIEP (…). O trabalho teve ainda o apoio de alunos de escolas do município da Guarda, que recolheram resíduos de plástico para posteriormente serem usados na cunhagem de 6000 moedas de prata. Estas unidades vão ficar agora à venda nas lojas da Casa da Moeda, num estojo com certificado de garantia numerado”, dá conta a Universidade do Minho.

Desenhada por Tiago Ferreira, que venceu o 3.º concurso “Desenhar Moeda”, a imagem “representa o planeta Terra, com as suas estradas, casas e árvores assoladas por tempestades e chuvas ácidas, uma realidade infelizmente mais próxima do que gostaríamos”.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73