skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
07 outubro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Mundial Universitário de Futsal: Rússia e Bielorrússia não participam

Redação
Desporto \ quinta-feira, março 17, 2022
© Direitos reservados
Prova realiza-se em Guimarães e em Braga, com a tutela da Universidade do Minho, que recebeu uma visita técnica da Federação Internacional de Desporto Universitário.

A Universidade do Minho, organizadora do Campeonato do Mundo de Futsal Universitário 2022, recebeu uma visita técnica da Federação Internacional de Desporto Universitário (FISU), sendo revelado que as equipas da Rússia e da Bielorrússia impedidas de participar.

Alejandro Guerra foi o representante da FISU que esteve no Minho, para a visita técnica de inspeção às infraestruturas de apoio à competição mundial que se realizará no mês de julho, procedendo a uma avaliação às infraestruturas existentes. Entre os temas debatidos, foi anunciada a não participação destes dois países, em virtude dos acontecimentos em que estão envolvidos na Ucrânia.

Este encontro serviu também para se discutirem temas como o enquadramento técnico, arbitragem, materiais de jogo, divulgação e promoção do evento. Foram avaliadas as condições não só das infraestruturas desportivas, mas todas as infraestruturas necessárias, como residências universitárias e unidades alimentares.

“O balanço da visita é muito positivo. As instalações desportivas reúnem todas as condições para receber esta competição mundial, pois estão já preparadas para receber as competições profissionais em Portugal. A qualidade das instalações, em conjunto com a experiência das pessoas da Universidade do Minho na organização de provas internacionais, dão-nos a garantia de que tudo estará em perfeitas condições no mês de julho”, frisou o membro da FISU.

Campeonato do Mundo de Futsal Universitário 2022 decorrerá de 18 a 24 de julho, em Guimarães e Braga, prevendo-se a participação de 500 atletas de todo o mundo.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #35