skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
16 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Música, teatro, residência artística: Excentricidade de São Torcato a Barco

Bruno José Ferreira
Cultura \ segunda-feira, fevereiro 13, 2023
© Direitos reservados
“Outros palcos, mais cultura” é o lema do Excentricidade, iniciativa lançada pela Câmara Municipal em 2015 que pretende criar outras centralidades de fruição cultural.

Já começou em Moreira de Cónegos com uma “Tempestade” em forma de teatro e tem novos capítulos marcados para o primeiro trimestre do ano: o Excentricidade, o projeto da Câmara Municipal de Guimarães que descentraliza a cultura promete música e teatro até ao final de março, num período ainda marcado por uma residência artística em Barco.

A Ondamarela produzirá, entre 10 de março e 01 de maio, uma performance musical inspirada na obra de José Mário Branco, envolvendo diferentes comunidades musicais nessa criação a norte do concelho. Antes disso, o périplo atravessa a Hemeroteca de São Torcato, com o Al’Fado a expor a tradição musical israelita com influências da Península Ibérica e das tradições das comunidades judaicas dos tempos medievais, a 24 de fevereiro. Segue-se, a 18 de março, “Crónicas de um Homem Mau”, uma peça da ATRAMA a ser exibida no auditório dos Bombeiro Voluntários das Taipas.

A latitude que se segue no trilho do Excentricidade é a do Salão Paroquial de Ronfe a 25 de março, com a fadista Adriana Paquete a apresentar várias canções inéditas num espetáculo com produção do violista André Teixeira. No dia seguinte, 26 de março, é a vez de Pevidém ser o centro cultural vimaranense, com mais teatro para usufruir: a Ali'Arte Associação Cultural encena a peça “4.º Esquerdo”, a história de Gina, uma administradora de condomínios que dedica a sua vida a inspecionar outros moradores.

Música de “(En)Cantar com Alice e Sebastião” fecha a primeira fase da programação do Excentricidade no Espaços Criativos, em Brito no dia 27 de março, num projeto musical e literário, cujo público-alvo são as crianças em idade escolar e pré-escolar, acompanhadas das suas famílias.

“Outros palcos, mais cultura” é o lema do Excentricidade, iniciativa lançada pela Câmara Municipal em 2015 que pretende criar outras centralidades de fruição cultural, com eventos que reúnem diferentes expressões artísticas.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73