skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

O Teatro da Didascália leva o rock para palco: o Soundcheck faz-se no CIAJG

Redação
Cultura \ quarta-feira, março 02, 2022
© Direitos reservados
“Soundcheck” é o nome do espetáculo que sobe a palco nos dias 10 e 11 de março (10h30 e 15h30) em sessões para escolas e instituições de Guimarães.

O Rock and Roll está vivo e manifesta-se pelas mãos do Teatro da Didascália no "Soundcheck" apresentado ao vivo na Black Box do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), em Guimarães. “Soundcheck” é um espetáculo que reivindica o lugar da resistência para o centro do palco e assume a escuta como forma central de protesto. 

Com dramaturgia, encenação e interpretação de Bruno Martins, assistência de encenação de Cláudia Berkeley e composição musical e interpretação de Pedro (Peixe) Cardoso e Susie Filipe, esta coprodução d'A Oficina será apresentada ao público em geral no dia 12 de março (16h), bem como nos dias 10 e 11 de março (10h30 e 15h30) em sessões para escolas e instituições de Guimarães.

Este espetáculo da programação da Educação e Mediação Cultural d’A Oficina tem assim estreia marcada em Guimarães e dirige-se ao público maior de 12 anos de idade, sendo uma coprodução Teatro da Didascália, A Oficina, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Aveirense, Circuito – Serviço Educativo Braga Media Arts, Cineteatro Louletano. Os bilhetes para este “Soundcheck” estão disponíveis pelo valor de 2 euros, podendo ser adquiridos nas bilheteiras físicas do Centro Cultural Vila Flor, Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Casa da Memória e Loja Oficina, bem como online em oficina.bol.pt e www.aoficina.pt.

De relevar também o repto lançado pela direção artística d'A Oficina ao Teatro da Didascália para uma colaboração no lançamento de um programa às mãos da Educação e Mediação Cultural d'A Oficina junto da Escola Básica Egas Moniz, em Guimarães, com o objetivo de desafiar os alunos de uma das turmas da escola a juntar-se ao elenco e a “viajar” até aos bastidores deste espetáculo. Ao longo de cinco sessões de trabalho, os alunos partilharam gostos e referências musicais com o objetivo de dar a conhecer a sua voz coletiva. O trabalho desenvolvido nesta oficina resultou num tema musical que se vai fazer ouvir numas das récitas do espetáculo em Guimarães.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73