skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Coral de Azurém faz 71 anos: concerto inédito com 120 pessoas em palco

Redação
Cultura \ sexta-feira, março 17, 2023
© Direitos reservados
“Roquiem” é o nome do espetáculo inédito com que o Grupo Coral de Azurém vai assinalar a data, no dia 25 de março – sábado – no Auditório da Universidade do Minho. Entrada gratuita.

O Grupo Coral de Azurém completa este domingo – 19 de março – o seu 71.º e, tal como tem vindo a acontecer, assinala a data no fim-de-semana seguinte, este ano tendo como parto forte das celebrações um concerto original e inédito que juntará em palco 120 pessoas.

“Roquiem” é o nome do espetáculo, uma peça musical da autoria de Paul Barker, “inspirada nas conhecidas Missas de Requiem, à qual o compositor deu uma vertente mais alegre, mais rock”, segundo dá conta Armindo Novais, presidente do Grupo Coral de Azurém.

Este espetáculo do Coral de Azurém – agendado para as 21h30 e com duração preista de sensivelmente uma hora – terá como palco o Auditório da Universidade do Minho, no Campus de Azurém, sendo que a entrada é livre. Com direção do Maestro Adriano Gonçalves, o concerto terá uma participação especial do Conservatório de Música e Dança de Arcos de Valdevez.

“Procuramos sempre inovar! Depois da pandemia, retomamos os concertos de aniversário no ano passado, mas não nos focamos num reportório estanque. Mantemos a atividade regular do Grupo Coral, procurando sempre novos conceitos”, sustenta Armindo Novais. 

Para lá do concerto, as comemorações são mais abrangentes, a partir das 10 horas há uma romagem a cemitérios onde estão sepultados elementos já falecidos do grupo. No domingo há eucaristia na Igreja de Azuré, às 11 horas, terminando o programa festivo com um almoço no restaurante Outeiro, em Matamá.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73